Aava Santiago defende legado para reoxigenação do PSDB

Com votação baixa nas eleições 2020 na capital, nova presidente do partido tenta reverter quadro negativo da legenda

Postado em: 07-07-2021 às 08h05
Por: Samuel Straioto
Com votação baixa nas eleições 2020 na capital, nova presidente do partido tenta reverter quadro negativo da legenda | Foto: Reprodução

A vereadora Aava Santiago assumiu o comando do Diretório do PSDB, em Goiânia. Ela é a primeira mulher a ocupar a função. Aava terá a missão de recuperar um partido que teve uma votação pífia nas eleições para prefeito em 2020, e que ainda carrega desgastes das administrações estaduais do chamado Tempo Novo. Para a nova presidente, a reconstrução por maior proximidade com a comunidade, além de ouvir e entender os anseios da população. 

A dirigente partidária compartilha da posição do ex-governador Marconi Perillo de que a legenda não pode ter vergonha de sua história e apresentar à população um trabalho social, por meio dos programas desenvolvidos. Aava relatou que tem um histórico de construção dentro do PSDB, e destaca que há uma construção de agenda visando o fortalecimento das instituições, especialmente às ligadas à Educação e de combate às desigualdades. “Com base na agenda social democrata, topei a missão de assumir o partido. O PSDB em Goiás se contrapõe ao Caiadismo e ainda ao Bolsonarismo. “Nosso partido se opõe ao Caiadismo e ao Bolsonarismo, eles são iguais. Nós estamos em outro caminho”, disse.

De acordo com Aava Santiago, o PSDB não pode ter vergonha de suas origens. Ela ressaltou que o partido tem como legado os programas sociais. A presidente do PSDB Goiânia argumentou que a família dela foi beneficiada com políticas públicas em um momento de instabilidade, com a morte do pai. Ela argumenta que é importante ajudar as famílias a terem estabilidade, por meio das ações sociais propostas pela Social Democracia. “A Renda Cidadã salvou minha família da fome”. Aava disse que o partido não se pode se envergonhar das políticas sociais que ajudou a construir. “A gente precisa falar sobre isso”, destacou Aava.

Continua após a publicidade

Quanto ao fraco desempenho nas eleições do ano passado, Aava Santiago relata que o momento era difícil, mas que foi importante o partido tomar posição e lançar candidato a prefeito na ocasião, marcando posição no debate político. O candidato do partido foi o deputado estadual Talles Barreto que teve menos de 1% dos votos. 

Ela disse que a polarização entre Vanderlan Cardoso e Maguito Vilela acabou atrapalhando não apenas Talles Barreto, mas outros nomes de pessoas com mandato e que tinham capilaridade política, como: Virmondes Cruvinel, Elias Vaz e Dra Cristina. “Já tínhamos uma noção que seria muito difícil. “O partido teve coragem de colocar candidatura própria e mostrar sua posição” Aava Santiago relatou que é importante que o partido atenda os anseios da comunidade não apenas na época eleitoral.

Veja Também