Presidente Bolsonaro anuncia que irá realizar reforma ministerial

Postado em: 21-07-2021 às 11h05
O governo cogita colocar o senador Ciro Nogueira (PP-PI) no comando da Casa Civil. Foto: Reprodução

Durante uma entrevista a rádio Joven Pan, nesta quarta-feira (21/07), em Itapetininga, o presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido) afirmou que realizara uma mudança ministerial na segunda-feira (26/07). Segundo ele, esta reforma ministerial vai ser importante para “continuar administrando o país”.

“Estamos trabalhando, inclusive, uma pequena mudança ministerial, que deve ocorrer na segunda-feira, para ser mais preciso, e para a gente continuar aqui administrando o Brasil. Temos uma enorme responsabilidade, sabia que o trabalho não ia ser fácil, mas realmente é muito difícil. Não recomendo essa cadeira para os meus amigos”, citou Bolsonaro.

Segundo a comentarista política e economista, Natuza Nery, o provável movimento estudado por Bolsonaro é:

Recriar o Ministério do Trabalho com o ministro Onyx Lorenzoni, atualmente no comando da Secretaria-Geral da Presidência. A Casa Civil passaria para o senador Ciro Nogueira (PP-PI), um dos principais líderes do Centrão.

O atual ministro da Casa Civil, Luiz Eduardo Ramos, general da reserva, passaria para a Secretaria-Geral da Presidência.
De acordo com Nery, A ida de Nogueira para a Casa Civil seria uma tentativa de o Palácio do Planalto melhorar a relação com o Senado, em especial por causa da CPI da Covid, formada em maioria por senadores de oposição e que tem criado desgastes para o governo.

Na opinião do jornalista e analista político Wilson Silvestre, o movimento mais provável é que Ciro Nogueira não assuma o ministério, mas indique alguém de plena confiança, pois segundo ele, o senador tem intenções de sair a governador do Piaui, e assumir diretamente o ministério poderia atrapalhar os planos por conta do pouco tempo que falta para as próximas eleições.

Por: Pedro Jordan
Compartilhe: