Em carta, políticos de 26 países citam “temores de um golpe” no Brasil

Postado em: 06-09-2021 às 09h15
Por: Marcelo Mariano
A carta foi organizada pela Progressive International, organização de esquerda que luta contra o avanço da direita no mundo | Foto: Marcos Corrêa/PR

Ex-presidentes, ex-primeiros-ministros, parlamentares e professores de 26 países assinaram uma carta, divulgada pela Folha de S. Paulo, com preocupações acerca das manifestações marcadas para 7 de setembro.

“O presidente Jair Bolsonaro e seus aliados —incluindo grupos supremacistas, polícia militar e servidores públicos em todos os níveis do governo— estão preparando uma marcha nacional contra a Suprema Corte e o Congresso em 7 de setembro, alimentando temores de um golpe na terceira maior democracia do mundo”, diz a carta.

Assinam o documento nomes como o ex-presidente do Paraguai Fernando Lugo, o ex-presidente da Colômbia Ernesto Samper, o ex-presidente do Equador Rafael Correa, o ex-presidente do governo da Espanha (equivalente ao primeiro-ministro) José Luis Rodríguez Zapatero, o vice-presidente do Parlamento do Mercosul, Oscar Laborde, o Nobel da Paz Adolfo Pérez Esquivel, os professores americanos Noam Chomsky e Cornel West, além de parlamentares de Grécia, Reino Unido, França, Nova Zelândia, Austrália, Chile e Uruguai, entre outros.

A carta foi organizada pela Progressive International, organização de esquerda que luta contra o avanço da direita no mundo.

Compartilhe: