Fux fará pronunciamento em sessão após ministros do STF se reunirem para alinhar ataques feitos por Bolsonaro

Postado em: 08-09-2021 às 10h02
Por: Victoria Lacerda
Ao longo do Dia da Independência, os ministros acompanharam as manifestações que, nos bastidores, avaliaram como eleitoreiras, mas, ainda assim, bastante graves. | Foto: Reprodução

Os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) se reuniram virtualmente, na última terça-feira (07/09), para alinhar reação aos ataques frontais do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) à Corte. O presidente da Corte, Luiz Fux , fará um pronunciamento em nome dos integrantes da corte na próxima sessão , marcada para esta quarta-feira (08).

Diante dos ataques, foi consenso, entre os ministros, a necessidade de uma resposta às falas do chefe do Executivo federal. No discurso em São Paulo, Bolsonaro subiu o tom, chamou Alexandre de Moraes de “canalha”, pediu para ele “sair” e disse que, a partir de agora, não vai obedecer nenhuma decisão que parta dele.

Moraes se manifestou no Twitter mais cedo, quando Bolsonaro já havia feito críticas à Corte no discurso de Brasília. “Nesse Sete de Setembro, comemoramos nossa Independência, que garantiu nossa Liberdade e que somente se fortalece com absoluto respeito a Democracia”, escreveu Alexandre de Moraes.

Ao longo do Dia da Independência, os ministros acompanharam as manifestações que, nos bastidores, avaliaram como eleitoreiras, mas, ainda assim, bastante graves.

Compartilhe: