Melhora na saúde de Iris Rezende pode acelerar aliança MDB/DEM

Postado em: 14-09-2021 às 08h08
Por: Marcelo Mariano
Com apoio do ex-prefeito de Goiânia, Daniel Vilela tende a ser o vice de Ronaldo Caiado | Foto: Reprodução

A melhora do estado de saúde do ex-prefeito de Goiânia Iris Rezende (MDB), internado em São Paulo após cirurgia para conter hemorragia provocada por AVC, pode acelerar as negociações de alianças para as eleições de 2022.

Apesar de serem adversários históricos em Goiás, especialmente nos anos 1990, Iris virou aliado do governador Ronaldo Caiado (DEM) nos últimos anos. Em 2014, por exemplo, os dois estiveram na mesma chapa.

Além disso, em 2018, o decano emedebista queria uma aliança entre DEM e MDB contra o PSDB, o que não ocorreu. E em 2020, ele ficou neutro na disputa pela Prefeitura de Goiânia, que teve Maguito Vilela (MDB) de um lado e Vanderlan Cardoso (PSD), com o apoio de Caiado, de outro.

Para 2022, Iris não esconde o desejo de ver o ex-deputado federal e presidente do MDB em Goiás, Daniel Vilela, como candidato a vice na chapa governista – ele é o principal fiador da aproximação. As negociações estão avançadas, mas a saúde do ex-prefeito de Goiânia atrasou a definição.

Por respeito, caiadistas e vilelistas acharam que não seria de bom tom anunciar a aliança enquanto Iris estiver no hospital. Com a perspectiva de melhora de seu estado de saúde, segundo boletim médico do Hospital Vila Nova Star, o anúncio está cada vez mais próximo.

Vale lembrar que, uma vez confirmado o acerto entre os dois partidos, o prefeito de Aparecida de Goiânia, Gustavo Mendanha, deve deixar o MDB para tentar ser candidato a governador contra Caiado no ano que vem. (Especial para O Hoje)

Compartilhe: