Wi-Fi Brasil: Governo federal instituiu 14 mil novos pontos de internet no Brasil

Postado em: 15-09-2021 às 16h49
Por: Maria Paula Borges
Maioria dos pontos instalados foram nas regiões Norte e Nordeste | Foto: Governo federal

O programa Wi-Fi Brasil, do Governo Federal, instalou 14 mil pontos de internet em todo o país. Quase nove milhões de pessoas foram beneficiadas em três municípios. Destes, 79% foram nas regiões Norte e Nordeste. Nas cidades em que o programa funciona é implementado ponto de inclusão digital e social, assegurando a conexão gratuita e de alta velocidade.

“A maioria desses pontos estão nas regiões norte e nordeste do País. Mas ainda falta. Só em escolas rurais ainda temos 14 mil sem Internet no Brasil. Levamos conexão para 8,5 milhões de pessoas, mas ainda existem 40 milhões sem conexão no País”, afirmou Fábio Faria, ministro das Comunicações.

O Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e o Banco do Brasil formalizaram parceria com o Ministério das Comunicações para atuarem no programa. O acordo de cooperação foi assinado na tarde da última terça-feira (14/09), com a presença de Fábio Faria, ministro das Comunicações, o presidente do Sebrae, Carlos Melles, o presidente do Banco do Brasil, Fausto de Andrade e a presidente da Fundação do Banco do Brasil, Eveline Susin.

Segundo o acordo, o Banco do Brasil e Sebrae vão financiar a instalação de 500 novos pontos cada. Esse número deverá ser ampliado e ultrapassar o número de 1,2 mil municípios ao longo da execução da parceria. O acordo também inclui iniciativas ligadas à educação e cultura por meio de conteúdos online que serão disponibilizados na plataforma Wi-Fi Brasil, utiliza a capacidade do Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações (SGDC) no programa Gesac. Entre as possibilidades, acessar exposições do Centro Cultural Banco do Brasil.

De acordo com o presidente da república, Jair Bolsonaro (sem partido), foram instaladas duas modalidades. “São duas modalidades, instalação de antenas e roteadores em escolas, assentamentos rurais, unidades básicas de saúde, comunidades indígenas ou quilombolas e telecentros comunitários e instalação de antena em praça pública, com acesso livre ao público em geral”, disse pelo Twitter.

Em quatro estados do Norte, por exemplo, o Wi-Fi Brasil está presente em todos os municípios. As regiões foram beneficiadas pela conexão via satélite, com alta velocidade, mais de 10 mil escolas, sendo 91% delas situadas na zona rural. Além disso, estabelecimentos de ensino, mais 749 unidades de saúde e outros diversos espaços públicos contam com conexão de internet.

Bolsonaro falou ainda que o cidades em que o programa funciona foram implementados pontos de inclusão digital e social. “Nas cidades onde o programa já funciona é implementado ponto de inclusão digital e social, que assegura a conexão de alta velocidade para quem precisa”, disse pela rede social.

Compartilhe: