Centrão já discute possibilidade de Bolsonaro não disputar eleições em 2022

Por lógica de líderes do centro, presidente escolheria um candidato para apoiar no pleito.

Postado em: 22-09-2021 às 15h45
Por: Luan Monteiro
Por lógica de líderes do centro, presidente escolheria um candidato para apoiar no pleito | Foto: Reprodução

O grupo político conhecido como Centrão já começou a discutir a possibilidade do presidente Jair Bolsonaro (Sem partido) não concorrer as eleições presidenciais de 2022. Por esse raciocínio, em vez de insistir em contestar as eleições em caso de dificuldade de vitória, o presidente escolheria outro candidato para apoiar, escapando de uma derrota humilhante nas urnas. As informações são da Folha de S.Paulo.

Em troca da desistência, Bolsonaro tentaria garantir apoio para se defender de processos na Justiça contra ele e os filhos, considerados inevitáveis caso ele deixe o poder.

Ao discursar para apoiadores no 7 de setembro, o próprio presidente levantou a possibilidade de ser preso, dizendo que isso pode ser tentado, mas que nunca ocorrerá. “Eu nunca serei preso”, disse. A preocupação em evitar o pior na Justiça seria central no raciocínio de Bolsonaro, consideram os líderes do centrão que convivem com o presidente e apoiam seu governo.

Veja Também