Câmara de Goiânia aprova aumento de verba de gabinetes e custo mensal ultrapassa os R$ 2,700 mi

Postado em: 13-10-2021 às 13h15
Por: Nielton Soares
Segundo estimada da própria Casa, os custos para a manutenção dos 35 gabinetes, apenas com folha de pagamento, passarão para mais de R$ 2,700 milhões por mês | Foto: reprodução

A Câmara de Vereadores de Goiânia aprovou na sessão desta quarta-feira (13/10), em primeira votação, a proposta que aumenta para R$ 78 mil a verba de gabinete para cada vereador. Os recursos não são cumulativos para os meses seguintes. A matéria de autoria da mesa diretora e teve a relatoria do vereador Willian Veloso (PL).

Cada gabinete pode ter até 25 funcionários, sendo no mínimo 10. Para a contratação, segundo o projeto, o indicado precisa ter as instruções de ensino, conforme são adotadas para concurso público, depende do cargo. Isto é, deve possuir ensino fundamental, médio ou superior.

Em relação aos horários, os servidores que ocuparem a função parlamentar terão que cumprir, obrigatoriamente, 30h semanais. Já o assessor-chefe deverá cumprir 8h diárias e 40h semanais.

Custos

A estimada da Câmara é que os novos custos para os 35 gabinetes fiquem no total de R$ 2.735.712,89, por mês. Caso a matéria seja aprovada em definitivo, como tudo indica que irá ocorrer, cada parlamentar poderá contratar quantos servidores quiserem, até o número de 25, e com os salários que definirem, observando apenas a limitação da cota por gabinete.

Compartilhe: