Deputado goiano diz que Guedes omitiu do Governo que filha é diretora de offshore

Informações teriam sido omitidas, segundo o deputado, na Declaração Confidencial de Informações (DCI). Trata-se de uma documentação oferecida pelos integrantes do Governo cujo objetivo é evitar conflito de interesses

Postado em: 15-11-2021 às 15h41
Por: Felipe Cardoso
Informações teriam sido omitidas, segundo o deputado, na Declaração Confidencial de Informações (DCI). Trata-se de uma documentação oferecida pelos integrantes do Governo cujo objetivo é evitar conflito de interesses

O deputado federal por Goiás, Elias Vaz (PSB) afirmou que o ministro da Economia do governo Jair Bolsonaro, Paulo Guedes, teria omitido do Governo Federal a informação de que sua filha permanece diretora da offshore que mantém nas Ilhas Virgens Britânica.

Conforme revelado pela coluna Painel do jornal Folha de S. Paulo, Guedes encaminhou à Comissão de Fiscalização Financeira e Controle, da qual o deputado faz parte, uma documentação sigilosa que mostra que sua filha, Paula Drumond, segue dirigindo os negócios no exterior desde 2015. Informação, segundo o parlamentar, teria sido omitida na Declaração Confidencial de Informações (DCI) exigida pelo Governo.

A DCI é uma documentação oferecida por aqueles passam a integrar o Governo cujo objetivo é evitar conflitos de interesses. “Entendo que a empresa está sob suspeita. É no mínimo estranho Guedes ter omitido essas informações. Por isso, é importante que o Ministério Público Federal analise o extrato de desempenho da offshore para saber se não foi beneficiada com informações privilegiadas que Guedes obteve por ser ministro”, declarou o deputado à reportagem da Folha.

Veja Também