Bolsonaro e Vitor Hugo criticam goianos por “ficarem em casa” e “piorar economia de Goiás”

Postado em: 17-12-2021 às 09h40
Por: Carlos Nathan Sampaio
Possível candidato de Bolsonaro ao governo de Goiás também tentou culpar governador Ronaldo Caiado pelos atuais problemas: "não reduziu o ICMS" | Foto: reprodução

O deputado federal Major Vitor Hugo (PSL/União Brasil) participou, na noite desta quinta-feira (16/12), da tradicional live do presidente Jair Bolsonaro (PL) que acontece toda semana. No vídeo, Vitor Hugo traz até Bolsonaro críticas sobre questões econômicas do estado de Goiás e tenta culpar tanto o governador Ronaldo Caiado (DEM/União Brasil), citando novamente a redução do ICMS (Imposto sobre Operações relativas à Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal e de Comunicação) dos combustíveis e a população que “ficou em casa” na pandemia, pela piora das coisas. Vale lembrar que o Major é um possível candidato de Bolsonaro ao governo de Goiás.

“O governador [Ronaldo Caiado] prometeu reduzir o ICMS por causa da alta mundial que tem outros fatores. O político não precisa prometer nada, mas se prometer ele precisa cumprir”, afirmou o deputado demonstrando pouca certeza sobre o que estava falando. Em resposta, Bolsonaro disse que em janeiro há o reajuste de tarifa pra transporte de massa e que não sabe qual será o percentual.

Em outros trechos, Bolsonaro e Vitor Hugo usaram o espaço para falar do Regime de Recuperação Fiscal em Goiás, o novo marco legal do saneamento básico e novamente o “fique em casa e a economia a gente vê depois”, transferindo a responsabilidade da economia para as pessoas que decidiram fazer distanciamento social da forma correta durante a pandemia. Confira um trecho do vídeo:

Compartilhe: