Mais de 500 chefes de unidades da Receita Federal entregam cargo após corte de verbas

Postado em: 22-12-2021 às 19h09
Por: Igor Afonso
Presidente do sindicado afirma que pode ocorrer greve no órgão | Foto: Reprodução

Mais de 500 chefes de unidades da Receita Federal entregaram o cargo nesta quarta-feira (22/12) em protesto contra o corte de verbas no Orçamento de 2022 para a Receita e a não regulamentação de um bônus para o setor.

Os analistas tributários também entraram no movimento e entregaram seus cargos. São mais de 2.000 funcionários que ocupam cargos de chefia na Receita. Durante a manhã, o presidente do Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil (Sindifisco), afirmou que o órgão pode sofrer uma paralisação.

“Esses cortes na Receita foram feitos para propiciar reajustes para as carreiras policiais”, lembrou. Ao UOL News, Cabral disse que o governo não aprecia a Receita Federal.

“Causou uma indignação muito grande dentro do órgão. Foi um fogo no palheiro. Já existia um sentimento de desprestígio acumulado de muito tempo, mas agora isso chegou e causou uma indignação enorme. Está havendo desde ontem uma entrega de cargos em todo o país. Cerca de 90% dos chefes de unidade já pediram demissão”, ressaltou.

Compartilhe: