“Para vacinarem meu filho, terão que passar por cima de mim”, afirma Carla Zambelli nas redes sociais

Postado em: 20-01-2022 às 14h46
Por: Victoria Lacerda
Zambelli reage a ofícios de do atual ministro do STF, Lewandowski. | Foto: Reprodução/Internet

Na última quarta-feira (19/01), a deputada federal Carla Zambelli (PSL-SP) confrontou o ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), em suas redes sociais afirmando que não irá vacinar o seu filho. 

A deputada afirmou que terão que passar por cima dela para que a criança seja imunizada. “Meu filho, minhas regras”, escreveu Carla. 

A afirmação de Carla Zambelli ocorreu após o atual ministro do STF, Ricardo Lewandowski ter determinado que o Ministério Público nos estados e no Distrito Federal deva atuar para garantir que sejam cumpridas as regras do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) quanto à vacinação de crianças contra a Covid-19, ou seja que a Corte reconheça que os conselhos tutelares tenham autorização suficiente para fiscalizar a imunização de crianças e adolescentes de 11 a 5 anos. 

Importante ressaltar que o artigo 14 do ECA diz que “é obrigatória a vacinação das crianças nos casos recomendados pelas autoridades sanitárias”.

A deputada bolsonarista já se mostrou contra a vacinação nos pequenos outras vezes em suas redes sociais.

Compartilhe: