Presidente do TSE afirma que passaporte de vacina nas eleições “não tem qualquer fundamento”

Postado em: 20-01-2022 às 17h29
Por: Almeida Mariano
"Qualquer decisão para as eleições deste ano seguirá o mesmo roteiro com o devido embasamento científico e seguindo recomendações feitas por especialistas.” disse o TSE em comunicado. | Foto: Reprodução

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) afirmou nesta quinta-feira que não há qualquer definição sobre a exigência de passaporte de vacina para que o eleitor possa votar nas Eleições 2022. O assunto repercutiu após a falsa informação circular na internet. O presidente do TSE afirmou que a medida “simplesmente não tem qualquer fundamento”

O presidente do TSE, ministro Luís Roberto Barroso, afirmou que não houve nenhuma cogitação da Justiça Eleitoral em relação à exigência do passaporte. Luís Roberto Barroso  disse que a medida “simplesmente não tem qualquer fundamento”. O presidente do TSE afirmou que “na ocasião própria, com a consultoria de especialistas, como foi feito em 2020, serão tomadas as medidas sanitárias que vierem a ser recomendadas”.

“ Nas últimas eleições, para conter a disseminação da Covid 19, o TSE ouviu diversos médicos, cientistas e autoridades em saúde… Portanto, qualquer decisão para as eleições deste ano seguirá o mesmo roteiro com o devido embasamento científico e seguindo recomendações feitas por especialistas.” disse o TSE em comunicado.

Compartilhe: