Movimentações políticas: entenda por que Moro pode trocar o Podemos pelo União Brasil

Postado em: 23-01-2022 às 09h24
Por: Victoria Lacerda
Dirigentes da sigla dão até abril para Moro se apresentar viável como candidato. | Foto: Reprodução/Internet

Na última semana, Sérgio Moro, que atualmente está filiado ao Podemos, deu o que falar com mais movimentações políticas para as eleições presidenciais que ocorrem este ano. O atual pré-candidato, tem dado grandes investidas no União Brasil, que é uma fusão de DEM e PSL, porém têm encontrado grande resistência em algumas lideranças do “futuro partido”. 

Devido a situação, dirigentes do União Brasil estabeleceram um prazo para que o ex-juiz se apresente viável como candidato para o partido. Tudo isso está ocorrendo devido à baixa porcentagem de Moro nas pesquisas eleitorais realizadas do último ano pra cá. 

A última pesquisa eleitoral realizada, foi divulgada pelo PoderData, em parceria com o Grupo Bandeirantes de Comunicação, nela foi possível analisar que o ex-presidente Lula (PT) continua na frente para a disputa pelo Planalto nas eleições de 2022.

O petista aparece com 42% das intenções de votos no primeiro turno contra 28% do atual presidente Jair Bolsonaro (PL). Já o candidato Sergio Moro (Podemos) aparece em terceiro com 8%, à frente de Ciro Gomes (PDT), com 3%. 

A preocupação da fusão de DEM e PSL é justamente a baixa porcentagem de Moro, que durante essas pesquisas eleitorais não consegue atingir ao menos dois dígitos. 

Compartilhe: