CNN Brasil publica texto desatualizado sobre os pré-candidatos a governador de Goiás

Há uma série de equívocos, devidamente corrigidos pelo jornal O Hoje, que mais confundem do que ajudam os eleitores

Postado em: 20-03-2022 às 14h50
Por: Marcelo Mariano
Há uma série de equívocos, devidamente corrigidos pelo jornal O Hoje, que mais confundem do que ajudam os eleitores | Foto: Reprodução

Na semana passada, a CNN Brasil publicou em seu site um texto sobre os pré-candidatos a governador de Goiás. Porém, há uma série de equívocos, como informações desatualizadas e descontextualizadas, que mais confundem do que ajudam os eleitores.

O primeiro deles é ter citado o ex-governador José Eliton como um possível governadoriável do PSDB. Presidente licenciado do partido em Goiás por motivos de saúde, ele nunca foi especulado como uma opção do tucanato para a disputa.

Em seguida, a o texto menciona o prefeito de Aparecida de Goiânia, Gustavo Mendanha (sem partido), mas escreve o seu nome completo, incluído o sobrenome Melo ao final. E complementa: “Melo tem 39 anos e é natural de Aparecida de Goiânia, cidade que comanda em seu segundo mandato como prefeito.”. O problema é que, em Goiás, absolutamente ninguém conhece Mendanha como Melo.

Continua após a publicidade

No caso das movimentações do PT, também há um erro. A deputada estadual Adriana Accorsi surge como uma possibilidade dos petistas para concorrer ao Palácio das Esmeraldas. No entanto, ela já confirmou que tentará uma vaga na Câmara dos Deputados, em Brasília.

Há, ainda, um menção ao ex-prefeito de Trindade Jânio Darrot. Ele é do Patriota (e não Patriotas, como está no texto) e, de fato, se colocou como pré-candidato a governador. Contudo, desistiu da corrida eleitoral dois meses atrás.

Por fim, aparece o senador Vanderlan Cardoso como um governadoriável do PSD. É verdade que ele tem um histórico de dizer que não é candidato e tomar uma decisão diferente no último momento, mas, por enquanto, os planos dele e do partido são outros.

Até agora, os nomes que, oficialmente, seguem com interesse em concorrer ao Palácio das Esmeraldas em 2022 são os seguintes: Ronaldo Caiado (União Brasil), Gustavo Mendanha (sem partido), Marconi Perillo (PSDB), Major Vitor Hugo (de saída da União Brasil), Wolmir Amado (PT), Edigar Diniz (Novo) e Professora Helga (PCB).

Veja Também