Com aval de Bolsonaro, PL decide ficar com Vitor Hugo na disputa ao governo de Goiás

Postado em: 28-03-2022 às 18h49
Por: Augusto Diniz
Ex-líder do presidente na Câmara vende disputa com prefeito de Aparecida de Goiânia e crava lugar na corrida eleitoral no Estado com apoio do presidente da República | Foto: Marina Ramos/Câmara dos Deputados

Havia um movimento em Goiás para tentar aproximar o prefeito de Aparecida de Goiânia, Gustavo Mendanha (sem partido), do presidente Jair Bolsonaro (PL). A intenção do grupo de Mendanha era filiar o pré-candidato ao governo no Estado ao PL e lança-lo em Goiás como o nome de Bolsonaro contra o governador Ronaldo Caiado. Mas depois de um dia de adiamento no anúncio, o deputado federal Vitor Hugo (PL) foi confirmado como o escolhido pelo presidente para representa-lo nas eleições estaduais.

Na manhã desta segunda-feira (28/3), o presidente Jair Bolsonaro confirmou que o seu pré-candidato a governador de Goiás será o deputado federal Vitor Hugo, que aproveitou a ocasião para se filiar ao PL após deixar o União Brasil, criado da fusão do PSL com o DEM. Vitor Hugo comemorou a decisão de Bolsonaro e gravou vídeo no qual mostra a ficha de filiação. “Muito obrigado, Presidente Bolsonaro, pela confiança!! Vamos vencer juntos!”, escreveu Vitor Hugo na publicação no Instagram.

No vídeo, o deputado federal confirmou que o pré-candidato a senador na chapa do PL em Goiás será o ex-senador Wilder Morais. “Agora, meus amigos, é trabalhar. Vamos fortalecer essa pré-candidatura”, disse ao sair de reunião com Bolsonaro em Brasília. Com a ficha de filiação nas mãos, o parlamentar comemorou a decisão do presidente da República.

Com o acerto de hoje, a movimentação para que Gustavo Mendanha se tornasse o pré-candidato de Bolsonaro em Goiás deixa de existir. O presidente estadual do PL, Flávio Canedo, e a deputada federal Magda Mofatto (PL) queriam lançar o prefeito de Aparecida ao governo de Goiás pelo partido. Quem também nutria simpatia pela ideia era o presidente nacional da sigla, o ex-deputado federal Valdemar Costa Neto.

Homem de confiança

Vitor Hugo é tido como homem que sempre esteve ao lado de Bolsonaro em Goiás, mesmo quando o presidente decidiu tira-lo da liderança do governo na Câmara em agosto de 2020 e colocar no lugar o deputado federal Ricardo Barros (PP-PR). “Estou com a ficha de filiação aqui, já abonada pelo presidente Valdemar e também pelo presidente Flávio Canedo, assinada pelo presidente Jair Messias Bolsonaro e também pela deputada federal Magda Mofatto.”

Participaram da reunião, além do presidente Jair Bolsonaro e do deputado federal Vitor Hugo, os presidentes nacional do PL, Valdemar Costa Neto, estadual, Flávio Canedo, o senador Vanderlan Cardoso (PSD), a deputada federal Magda Mofatto, o ex-senador Wilder Morais e o ex-candidato a prefeito de Goiânia, Gustavo Gayer.

Compartilhe: