Bolsonaristas e Moro criticam Lula por usar relógio avaliado em R$ 80 mil

Postado em: 29-03-2022 às 17h48
Por: Rodrigo Melo
O presidente Lula durante o evento do PC do B no Rio de Janeiro | Foto: Ricardo Stuckert

Aliados do presidente Jair Bolsonaro (PL) e o ex-juiz Sergio Moro usaram as redes sociais para ironizar o ex-presidente Lula (PT) pelo uso de um relógio avaliado em R$ 80 mil, que foi mostrado em uma foto publicada pelo próprio petista, e outros apoiadores. O registro foi realizado no último sábado (26/3), no evento de comemoração do centenário do PCdoB, no Rio de Janeiro.

A imagem feita por sua equipe, mostra parte do braço erguido de Lula, com o relógio da marca suíça Piaget no pulso, enquanto acena aos convidados do evento, ao fundo.

​Bolsonaristas acusam contradição entre o discurso de Lula em defesa dos pobres e o relógio caro em seu pulso. “O pai dos ‘probe’ segue a saga da facção!”, escreveu o vereador Carlos Bolsonaro, filho do presidente, e, postagem sobre o tema em suas redes sociais.

O ex-juiz Sérgio Moro postou a foto de seu relógio, de modelo Casio. E escreveu: “Sem retoque”.

O relógio do petista foi cortado no Instagram da presidente nacional do PT, a deputada Gleisi Hoffmann, em suas redes sociais. No entanto, a assessoria de Gleisi informou que o corte não foi proposital e que “deve ter havido algum problema de configuração”.

Compartilhe: