Prefeito Rogério Cruz deve se reunir com vereadores para saber “quem é quem”

Postado em: 20-04-2022 às 08h48
Por: Felipe Cardoso
Cruz estaria insatisfeito com a base que não tem defendido o Paço | Foto: Reprodução

Circula pelos bastidores da Câmara Municipal de Goiânia a informação de que o prefeito Rogério Cruz (Republicanos) teria deixado o Parlamento, na tarde da última segunda-feira (18/4), “completamente insatisfeito”.  Acontece que o gestor foi surpreendido, durante prestação de contas, com uma sequência de vaias entoadas por profissionais da Educação, bem como por uma enxurrada de críticas por parte dos vereadores da oposição.  

Segundo fontes consultadas pelo O Hoje, o gestor teria reunido, na manhã da última terça-feira (19/4), parte do secretariado para tratar sobre o assunto. A ideia seria “realinhar a postura” de sua equipe em relação ao Legislativo. Também tem circulado a informação de que o prefeito deve convocar, em breve, uma reunião com os vereadores para saber “quem é quem”. Em outras palavras, o gestor tentará identificar quem, de fato, está ao seu lado. 

A assessoria do prefeito foi questionada sobre as reuniões. O encontro com o secretariado foi confirmado, porém, não foi informado o teor do encontro nem mesmo os nomes dos auxiliares presentes no encontro. Sobre a possível reunião com os vereadores nos próximos dias, foi informado, contudo, que não há “nada previsto”. 

Fontes ligadas ao alto escalão da prefeitura e igualmente consultadas pelo O Hoje atestam que o prefeito quer o encontro, porém, de maneira individual com os parlamentares. A posição unânime é de que o gestor tem se sentido “abandonado” pela base que não tem usado as oportunidades de fala para rebater a oposição e fazer uma defesa aguerrida do Paço.

Compartilhe: