Eduardo Bolsonaro e Daniel Silveira lideram ranking de denúncias no Conselho de Ética da Câmara

Postado em: 16-05-2022 às 15h59
Por: Ícaro Gonçalves
Embora Eduardo acumule denúncias de quebra de decoro, é raro que as representações contra ele se transformem em processos | Foto: Reprodução

Um levantamento feito sobre nesta semana na Câmara dos Deputados apontou que Eduardo Bolsonaro (PL-RJ), filho “03” do presidente Jair Bolsonaro (PL), é o deputado com maior número de denúncias no Conselho de Ética da Casa. Na atual legislatura (2019-2022), Eduardo já recebeu 10 do total de 55 denúncias recebidas.

Em segundo lugar aparece o também bolsonarista Daniel Silveira (PTB-RJ), com 9 denúncias. Silveira chegou a ser condenado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) a 8 anos e 9 meses de prisão por ataques antidemocráticos à corte e a alguns de seus ministros, mas recebeu indulto presidencial pouco tempo depois.

Já entre os partidos com os maiores números de denúncias, o Partido Liberal (PL) aparece, sem surpresas, na primeira colocação. Foram 28 denúncias contra a legenda na atual legislatura. Em segundo lugar aparece o PTB, com 10 denúncias, e na sequência o Republicanos, com 4.

Falta de punições

Embora Eduardo acumule denúncias de quebra de decoro, é raro que as representações contra ele se transformem em processos. Isso porque o Conselho de Ética, órgão encarregado de aplicar penalidades aos deputados que descumprem as normas, é composto por 23 deputados, sendo que a maioria (16) faz parte da base governista.

Compartilhe: