PV de Goiás quer se manter na base de Caiado, apesar de federação com PT

Postado em: 18-05-2022 às 10h04
Por: Francisco Costa
Apoio ao governador depende de autorização da direção nacional do partido (Foto: Reprodução)

O PV de Goiás quer se manter na base do governador Ronaldo Caiado (União Brasil) para as eleições deste ano. O partido, contudo, faz parte da federação com o PT e o PCdoB e depende de liberação “de cima”.

Ao jornal O Hoje, o presidente estadual Cristiano Cunha afirma que, neste momento, o partido seguiria com Caiado. Ele aguarda, contudo, uma decisão da direção nacional do partido, que pode ou não liberar cada diretório de Estado a decidir.

Ele explica que o PT defende a pré-candidatura de Wolmir Amado e só pretende anunciar a decisão no fim do mês, conforme cronograma próprio – em 28 de maio. O desejo do PV era que esse anúncio ocorresse antes e que o nome de José Eliton, proposto pelo PSB – que não é da federação, mas é aliado – fosse discutido. Segundo ele, falta diálogo.

“Existe a federação, mas cada partido está para um lado. Então, vamos levar o nosso desejo par nacional. Poderíamos discutir o nome de José Eliton se houvesse união, mas o PT insiste no nome do Wolmir.”

Compartilhe: