Depois de adiamento, Doria cumpre agenda em Goiás nesta sexta

Postado em: 19-05-2022 às 09h36
Por: Francisco Costa
Tucano manterá o mesmo cronograma da agenda anterior (Foto: Reprodução)

Depois de adiar a visita a Goiás em abril, o ex-governador de São Paulo e pré-candidato à presidência, João Doria (PSDB), virá ao Estado nesta sexta-feira (20). O tucano manterá o mesmo cronograma da agenda anterior.

Às 10h, ele visitará a Basílica do Divino Pai Eterno, em Trindade, e em seguida, a Villa São Cotollengo, também no município. Às 12h30, Doria passa por Goiânia, onde falará com a imprensa em coletiva no Hotel Plaza Inn Augustus. Depois disso, às 13h30, ele se reúne com lideranças políticas.

O ex-governador Marconi Perillo (PSDB) vai acompanhar a agenda do aliado. Vale lembrar, a visita de 28 de abril foi adiada, pois Marconi apresentou problemas de saúde e precisou ser internado, em São Paulo.

Destaca-se, Doria enfrenta dificuldades para manter sua pré-candidatura à presidência, uma vez que o PSDB discute com o MDB e Cidadania a possibilidade de candidatura única. Isto, porque o tucano enfrenta resistência entre os próprios colegas de sigla. Marconi, contudo, é um dos que endossa apoio ao ex-governador de São Paulo, conforme reforçou em coletiva recente.

O paulista, por sua vez, critica a posição do partido em contratar um instituto de pesquisa com o MDB para definir um nome de consenso. Na última semana, inclusive, enviou uma carta ao presidente nacional, Bruno Araújo, para reforçar que ele foi o nome escolhido nas prévias pela corrida presencial, realizadas no ano passado.

A posição ganhou como reforço o ex-presidente tucano Fernando Henrique Cardoso. Pelo Twitter, FHC escreveu sobre a carta: “Agiu bem o candidato João Doria. Ressaltando que o resultado das prévias deve ser respeitado.”

Compartilhe: