Câmara aprova novo plano de carreiras para GCMs e procuradores

Postado em: 20-05-2022 às 05h20
Por: Thauany Melo
Com a mudança, Guarda passa a ter melhor aposentadoria entre os colegas de todo o país, sem idade mínima para requerer o benefício | Foto: Felipe Cardoso

Com a presença de profissionais na galeria, foram aprovadas na Câmara Municipal de Goiânia as alterações nos planos de carreira dos servidores administrativos e operacionais, da Guarda Civil Metropolitana e dos procuradores do município.

O Projeto de Lei Complementar foi proposto pela prefeitura da capital em abril deste ano e apreciado na Casa nesta quinta-feira (19). O texto segue para sanção do prefeito Rogério Cruz (Republicanos).

Conforme a proposta, haverá a implantação do regime de subsídio, garantindo a remuneração em parcela única para a GCM e procuradores, sendo vedado o acréscimo por meio de gratificação, abono, prêmio ou verba de representação. Já para os cargos do grupo operacional da administração pública, será feito o reajuste da tabela de vencimentos da carreira e incluído o vale-alimentação no valor de 400 reais.

O presidente da Câmara e também guarda municipal Romário Policarpo (Patriota) relembrou a greve da GCM em 2015, que requeria o cumprimento do Plano de Carreira. “Estamos entregando o maior salário de guardas civis das capitais do Brasil”, afirmou. O vereador ainda se referiu, com enaltecimento, aos servidores administrativos e operacionais e aos procuradores, recebendo salva de palmas das categorias presentes, que também seguravam cartazes elogiosos.

Com a mudança, a GCM também passa a ter a melhor aposentadoria entre os colegas de todo o país, sem idade mínima para requerer o benefício.

Compartilhe: