Deputado do Rio chama vereadora trans de “aberração da natureza” e “belzebu”

Postado em: 20-05-2022 às 09h05
Por: Francisco Costa
Rodrigo Amorim é conhecido por quebrar a placa de Marielle Franco; Benny Briolly processará o parlamentar (Foto: Divulgação)

O deputado estadual do Rio de Janeiro, Rodrigo Amorim (PTB) – conhecido por quebrar a placa de Marielle Franco – disse que a vereadora trans de Niterói, Benny Briolly (PSOL), é uma “aberração da natureza”. “Um vereador homem, pois nasceu nasceu com pênis e testículos”, declarou em sessão na última terça (17), na Assembleia Legislativa daquele estado (Alerj).

“Sou do tempo em que existiam homens, mulheres, bichas e sapatões. Esses soldados do mal, fedendo a enxofre… O vereador homem de Niterói parece um belzebu, porque é uma aberração da natureza”, atacou a parlamentar. Ele disse, ainda, que existe uma “aberração do alfabeto inteiro designando o que eles chamam de gêneros, gêneros aleatórios”.

Na ocasião, o deputado Waldeck Carneiro (PSB) saiu em defesa da vereadora. “Queria desagravar a vereadora trans Benny Briolly, da Câmara municipal de Niterói, onde fui vereador, que tem legitimidade, porque ali está pelo voto popular.”

Nas redes sociais, Benny afirmou que não se calará. “Terão que me engolir! Fui eleita a mulher mais votada na minha cidade e a primeira travesti a ocupar um cargo legislativo em um município da região metropolitana do Estado do RJ. Represento uma política real e que emana do povo. Sustenta, porque a travesti aqui está chegando para também ocupar a Alerj.”

Ainda segundo ela, tomará todas as medidas cabíveis para assugurar a Justiça. “Avisamos desde já, Rodrigo Amorim e demais parlamentares: se preparem, pois terá resposta à altura.” Benny já recebeu mais de 20 ameaças de morte, além de ser vítima de ataques transfóbicos e racistas. No ano passado ela chegou a deixar temporariamente o País após ataques.

Compartilhe: