Congresso ‘cobra’ de Paulo Guedes subsídios para caminhoneiros e taxistas, diz Arthur Lira

Postado em: 27-05-2022 às 17h01
Por: Ícaro Gonçalves
Para Lira, a medida deveria ser encarada não como uma questão eleitoreira, mas como algo necessário para o enfrentamento da inflação crescente que vem atingindo diversos países | Foto: Reprodução

Arthur Lira (Progressistas), presidente da Câmara dos Deputados, afirmou nesta sexta-feira (27/5) que o Congresso vem cobrando do ministro da Economia, Paulo Guedes, a concessão de subsídios diretos para óleo diesel voltado para caminhoneiros, taxistas e motoristas de Uber.

Para Lira, esta seria uma forma preliminar de conter a inflação. Ele destacou que a Câmara já aprovou o projeto que estabelece um teto para a cobrança de ICMS sobre energia, combustíveis, telecomunicações e transporte coletivo, e que deve votar outras propostas com foco em diminuir o peso da conta de luz, o que contribui para o controle da inflação.

“O Congresso tem cobrado do ministro Paulo Guedes subsídio direto para o óleo diesel para os caminhoneiros, para os taxistas, para o Uber. Subsídio direto para essa questão específica. Pode ser direto para as categorias, direto para o que causa inflação: pega o transporte de carga no Brasil e transportes coletivos, taxistas e Uber” declarou Lira em entrevista à rádio Bandeirantes.

Para Lira, a medida deveria ser encarada não como uma questão eleitoreira, mas como algo necessário para o enfrentamento da inflação crescente que vem atingindo diversos países.

“O mundo está em estado de exceção e o Brasil não está se permitindo fazer isso por causa dessa polarização política invade essa discussão de maneira rasteira. Nós temos, também, nesse momento nos libertarmos desta discussão e agirmos pensando na população”, defendeu o deputado.

Compartilhe: