Putin compartilha mensagem de condolência à Bolsonaro por chuvas em Pernambuco

Postado em: 31-05-2022 às 15h00
Por: Victória Vieira
"Por favor, aceite nossas mais profundas condolências pelas trágicas consequências das fortes chuvas e inundações nos estados do nordeste de seu país. Na Rússia, compartilhamos a dor daqueles que perderam seus entes queridos como resultado do desastre desenfreado e esperamos uma rápida recuperação de todas as vítimas | Foto: Reprodução/Alan Santos/PR

Em nota publicada nesta manhã de segunda-feira (31/5), Vladimir Putin, presidente da Rússia, compartilhou mensagens de condolências pelas chuvas em Pernambuco, que gerou uma grande tragédia deixando até o momento, 5 mil pessoas desabrigadas e 100 mortes. O canal oficial do governo russo no Telegram e no site oficial do Kremlin, Putin prestou solidariedade ao atual presidente da república, Jair Bolsonaro.

“Por favor, aceite nossas mais profundas condolências pelas trágicas consequências das fortes chuvas e inundações nos estados do nordeste de seu país. Na Rússia, compartilhamos a dor daqueles que perderam seus entes queridos como resultado do desastre desenfreado e esperamos uma rápida recuperação de todas as vítimas.

Sinceramente,

Vladimir Putin”.

Recentemente, Rússia e Brasil têm entrelaçado seus laços. No inicio do ano, Bolsonaro visitou a Rússia para falar sobre questões relacionadas ao comércio, como por exemplo o abastecimento de fertilizantes no país. A ida estava sobre alerta da comunidade internacional, que avisou o presidente para não ir ao país naquele momento e remarcar o encontro, porém, ele contrariou os pedidos e foi mesmo assim, declarando: “Vamos torcer pela paz lá, que dê tudo certo”. A gente quer a paz, mas você tem que entender que todo mundo é ser humano aí. Vamos torcer para que dê certo. Dependendo de uma palavra minha, o mundo teria paz”, enfatizou.

Hoje, Bolsonaro sobrevoou as regiões afetadas pela chuva no nordeste brasileiro. Em uma coletiva de imprensa, o presidente disse que os afetados pela catástrofe irão ter o direito de receber com antecipação as parcelas sem incidência de juros a inscritos do Benefício de Prestação Continuada, BPC, que é a garantia de um salário mínimo por mês destinada a pessoas com impedimentos de natureza física, mental, intelectual ou sensorial de longo prazo, impossibilitando de participar de forma plena e efetiva na sociedade, em igualdade de condições com as demais pessoas.

“Vamos falar sobre a questão do BPC, aqueles que quiserem empréstimo do BPC poderão fazer. Vamos dar apoio aos municípios, ou seja, não é que só o governo federal está na frente, mas está sempre alerta para atender a população em qualquer situação, independente de pedido de autoridades locais”, declarou o presidente.

Compartilhe: