Filiada ao União Brasil, Silvye Alves pede demissão da Record após 11 anos: “tocou o meu coração”

Postado em: 01-06-2022 às 17h46
Por: Rodrigo Melo
O combate à violência contra as mulheres pode ser uma das pautas de defesa de Silvye | Foto: Divulgação

Âncora do Cidade Alerta Goiás, Silvye Alves anunciou nesta quarta-feira (1º/6) que se demitiu da Record. A apresentadora está na emissora desde 2011 e afirmou que decidiu seguir para um projeto pessoal. Ela foi uma das jornalistas mais admiradas pelo Marcelo Rezende (1951-2017), que apresentou o programa em âmbito nacional.

O anúncio foi feito após Silvye postar uma foto nos estúdios da Record junto à equipe de produção em suas redes sociais com o título “vou sentir saudades”. Os fãs ficaram alvoraçados questionando se ela sairia da emissora.

Em resposta, Silvye usou o Instagram para afirmar que pediu a demissão no começo do mês de maio e já havia sinalizado que ficaria no comando do telejornal até 3 de junho. “Eu nem ia falar sobre isso com vocês agora, mas tem umas três semanas que eu comuniquei a Record TV Goiás que eu iria sair da emissora para um projeto pessoal. Um projeto pessoal que eu acredito que tocou o meu coração”, disse a jornalista. (Veja o vídeo no final)

Eleições

No final de março, a apresentadora filiou-se ao União Brasil, partido do governador de Goiás Ronaldo Caiado, a convite da primeira-dama Gracinha Caiado. A filiação foi oficializada no dia 2 de abril.

Silvye conseguiu uma forte conexão com o público da emissora e alcançou altos índices de audiência. Nas redes sociais, a apresentadora poderá contar com uma conexão dos seus mais de 1,2 milhão de seguidores no Instagram.

Em junho de 2021, a apresentadora foi agredida pelo ex-namorado Ricardo Hilgenstieler. O julgamento está previsto para o dia 20 de maio. O combate à violência contra as mulheres pode ser uma das pautas de defesa de Silvye. Informações de bastidores apontam que ela está ao rumo da Câmara dos Deputados.

Compartilhe: