Tiago Leifert diz preferir levar um tiro do que escolher entre Lula e Bolsonaro; assista

Postado em: 03-06-2022 às 15h15
Por: Rodrigo Melo
Ele admitiu que não teria dúvidas em relação a dar um voto de confiança em um dos então candidatos da terceira via | Foto: Reprodução/TV Globo

Ex-apresentador do Big Brother Brasil, Tiago Leifert detonou o presidente da república Jair Bolsonaro (PL) e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), ambos pré-candidatos ao cargo de Chefe do Estado nas eleições deste ano. Em um bate papo no podcast “Cara a Tapa” nesta quinta-feira (02/5), Leifert desprezou os dois mais bem votados nas pesquisas eleitorais.

No diálogo, o podcaster Rica Perrone, que também é parceiro de um canal esportivo no YouTube com Leifert, mostra as imagens de Bolsonaro e Lula e pergunta “Você tem uma arma na sua cabeça e vai ter que escolher entre os dois”. Tiago prontamente responde “Pode atirar. Não dá pra mim. Essa é a posição solitária que eu falei. Nenhum dos dois. Vou anular”.

Em momento anterior ao questionamento de Perrone, o ex-apresentador comentou a respeito dos dois adversários políticos.

“O Bolsonaro foi muito mal e o Lula não dá. Fez um bom governo em 2002, entendo a figura que ele é, a importância que ele tem, mas não consigo fazer o malabarismo mental de tudo o que aconteceu”, começou o comunicador.

Outra via

O jornalista ainda afirmou que votaria em Luciano Huck, caso o apresentador do “Domingão” tivesse se candidatado à Presidência nas eleições deste ano. Ele admitiu que não teria dúvidas em relação a dar um voto de confiança em um dos então candidatos da terceira via.

“Eu votaria no Huck pra presidente porque sei da índole dele, sei do que ele é capaz pra fazer. Eu conheço ele, eu confio 100% nele e sei que se ele topasse ser presidente da república, com o dinheiro que ele tem é porque ele quer ajudar”, finalizou.

Leifert, inclusive, questionou se as pesquisas estariam deixando passar uma tendência do eleitorado. “Eu acho que tem muita gente calada, eu não acho que elas estejam no caminho certo. Não sei nem se esse é o segundo turno. Não sei se eles desistem antes ou se acontece alguma coisa”, pontuou.

Huck tinha interesse em participar da corrida eleitoral, mas preferiu continuar com a carreira na televisão diante da saída de Fausto Silva da Globo.

Saúde da filha

Desde que saiu da Globo, para cuidar da filha de 1 ano que foi diagnosticada com retinoblastoma, um câncer raro que acontece nas células da retina, e seu estado é estável, Tiago Leifert tem dado diversas entrevistas. Ainda durante o podcast, ele confessou que dentro dele surgiu um turbilhão de sentimentos, entre eles, a indignação.

“Quando veio diagnóstico e algumas pessoas vieram falar que tudo tem um significado, a vontade era dizer ‘Vai para P&*# que te pariu, que sentido o que meu? Vai se f$%#. Tem 1 ano a criança. Tanta gente ruim que está vivendo de boa, e ele [Deus] vai descontar logo na minha filha?'”, encenou o jornalista.

Lua está em tratamento há sete meses, fez algumas sessões de quimioterapia e uma cirurgia.

“Ainda é cedo pra gente falar de cura, mas nesse momento o quadro da Lua é considerado estável. A nossa pequenininha passou por muita coisa. Foram sete sessões de quimioterapia intra-arterial , mais uma cirurgia de braquiterapia, que é uma radiação por dentro do olho (…) Ela se recupera super bem, ela é muito forte e aguenta bem”, explicou Daiana Garbin nas redes sociais.

Assista abaixo a entrevista na íntegra:

Compartilhe: