Major Vitor Hugo faz encontro no Entorno do DF e perde público para Caiado

Postado em: 07-06-2022 às 09h20
Por: Thauany Melo
“Hoje o que estão falando na cidade é que o Vitor Hugo passou por aqui e não teve expressão”, disse o apoiador do pré-candidato, Marcelo Sorriso | Foto: Reprodução

Pré-candidato a governador de Goiás, Vitor Hugo (PL) visitou Novo Gama e Valparaíso, no Entorno do Distrito Federal. Segundo o deputado federal, ele se reuniu  com a comunidade, lideranças políticas e religiosas. “Tenho um carinho especial pela região do Entorno. Eu morei por quase quatros anos em Luziânia e conheço de perto a realidade local. Em três anos de mandato, já viabilizei mais de R$ 59 milhões para o Entorno”, escreveu nas redes sociais.

Entre os presentes, constaram na lista os pré-candidatos a deputado estadual, Éverton Jhonata, Nelson Rebelato, Christovam Machado, Leandro Fabrício e o pré-candidato a deputado federal, Genival Fagundes. Apesar do sucesso no Entorno, Vitor Hugo sofreu um impasse durante a visita, já que, no mesmo dia, Ronaldo Caiado (UB) cumpriu agenda na região, em Formosa, o que gerou uma divisão do público, que priorizou o atual governador de Goiás. 

Filiado ao PSD e apoiador de Vitor Hugo, Marcelo Sorriso criticou a estratégia do major. “Hoje o que estão falando é que o Vitor Hugo passou por aqui e não teve expressão. Isso na nossa construção é péssimo. [A visita] poderia ter sido melhor arquitetada”, declarou. “O Caiado veio aqui e arrastou milhares de pessoas. Agora eu eu achei que para o Vitor Hugo, que está em primeiro lugar no Entorno, morou em Luziânia e destinou muitas emendas para cá,  não foi estratégico ele estar aqui no mesmo fim de semana em que estava o senador de Caiado [Lissauaer] e o próprio Caiado”, completou.

O deputado estadual e pré-candidato a Senador, Lissauer Vieira (PSD), participou no sábado (6), em Luziânia, da segunda edição do “Todos Por Goiás”. Na ocasião, mais de mil pessoas declararam apoio ao seu projeto político. Junto a esses milhares de aliados, que lotaram o Parque de Exposições da cidade, ele foi ovacionado por lideranças, representantes políticos e classistas e comunidade local.

Segundo Sorriso, Vitor Hugo alegou que o evento fazia parte da agenda de Magda Mofatto, quando ela presidiava o PL, hoje função do major. “Política a gente não pode fazer com emoção, tem que fazer com razão. Tem que ter organização, senão não vamos ganhar o estado”, ponderou o pessedista, que apesar de ser da mesma legenda que Lissauer, pré-candidato com respaldo de Caiado, não compõe a base de apoiadores do atual governador.

Mutirão

A presidente de honra da Organização das Voluntárias de Goiás (OVG) e coordenadora do Gabinete de Políticas Sociais (GPS), primeira-dama Gracinha Caiado, abriu, no dia em que Vitor Hugo cumpria agenda na cidade, a sétima edição do Mutirão Governo de Goiás no município de Valparaíso de Goiás.

A ação durou todo o final de semana e contou com a presença de moradores e representantes da Cidade Ocidental e Novo Gama. Durante discurso, a primeira-dama ainda fez questão de destacar a importância do Entorno para a gestão de Caiado ao afirmar que as cidades que compõem a região eram esquecidas e negligenciadas por governos anteriores, mas vivem hoje “outra realidade”. 

Eleitorado

A soma dos eleitores das 29 cidades que compõem a chamada Região Integrada de Desenvolvimento do Distrito Federal e Entorno (Ride/DF) chega a mais de 868 mil, conforme dados do Tribunal Regional Eleitoral (TRE). O número de eleitores chama a atenção dos pré-candidatos, que têm se esforçado para conquistá-los.

Luziânia, cidade em que o major morou, é a que mais concentra eleitores, totalizando 124.361. Em seguida aparecem: Águas Lindas (104.732), Valparaíso de Goiás (87.718), Formosa (74.194), Planaltina de Goiás (59.960), Novo Gama (48.480), Santo Antônio do Descoberto (42.706), Cidade Ocidental (42.246), Cristalina (34.889) e Niquelândia (27.874).

Compartilhe: