Difícil ter sucesso com candidaturas isoladas ao Senado, avalia presidente do PSC

Presidente do PSC em Goiás, Eurípedes do Carmo acredita que a candidatura isolada ao Senado é difícil ter sucesso. Da base do

Postado em: 30-06-2022 às 07h57
Por: Francisco Costa
"Sabemos que tem vários pré-candidatos, então é preciso muita conversa, sem radicalismo" (Foto: Governo de Goiás)

Presidente do PSC em Goiás, Eurípedes do Carmo acredita que a candidatura isolada ao Senado é difícil ter sucesso. Da base do governador Ronaldo Caiado (União Brasil), ele defende que o senador Luiz do Carmo (PSC) possa ser escolhido como nome de consenso, mas garante que não fará pressão.

“Sabemos que tem vários pré-candidatos, então é preciso muita conversa, sem radicalismo. Somos parceiros do governo”, reforça.

De acordo com ele, o sentimento é que será difícil chegar a um consenso, mas se for possível, Luiz do Carmo tem direito por já estar na cadeira e pelo trabalho já feito aos municípios.

Continua após a publicidade

Questionado se o senador tem um plano B ele diz que não. “Senado é a única opção. Nunca tivemos dúvida quanto a isso.” Em relação a possibilidade dele sair como nome isolado, entretanto, Eurípedes diz que é cedo para dizer. “É uma decisão mais do Luiz que nossa”, diz presidente do PSC.

Veja Também