Delegado Waldir é tido como preferido para compor chapa do governador

“Não sou egoísta. Não quero ser candidato sozinho”, disse o deputado federal sobre os outros nomes na corrida pelo Senado

Postado em: 04-07-2022 às 08h08
Por: Thauany Melo
“Não sou egoísta. Não quero ser candidato sozinho”, disse o deputado federal sobre os outros nomes na corrida pelo Senado | Foto: Reprodução

Sem decisão de Ronaldo Caiado (UB), a corrida para conseguir uma vaga na chapa do governador para a disputa pelo Senado continua. Nos bastidores, aliados de Caiado confabulam que a candidatura do delegado Waldir Soares (UB) é mais valiosa para a campanha, visto que o atual deputado federal desponta nas pesquisas de intenção de voto.

No atual cenário, quando se retira o nome do ex-governador Marconi Perillo (PSDB) da corrida para o Senado, o preferido para a disputa é Waldir Soares, que vem se mostrando feroz e determinado a conquistar a única cadeira na câmara alta do Congresso Nacional. Além de Waldir, buscam um lugar na chapa do governador: Alexandre Baldy (Progressistas), Zacharias Calil (UB), Lissauer Vieira (PSD) e Luiz do Carmo (MDB) – sendo que os dois últimos buscam outras alianças.

Waldir chegou a realizar uma consulta no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para garantir a sua candidatura, independente da decisão de Caiado. O deputado federal questionou se partidos coligados para a disputa do governo do Estado podem lançar, separadamente, candidatos ao Senado ou se a chapa deve ter apenas um nome na disputa. O Tribunal aprovou a possibilidade das candidaturas independentes.

Continua após a publicidade

Ao O Hoje, delegado Waldir afirmou que após a decisão do TSE não há mais pressão sobre o governador e reiterou que será candidato de qualquer forma. “Não posso imaginar colocar a faca no pescoço do governador. Ele já colaborou com os partidos ao longo do governo dele, acolhendo dezenas de partidos no governo dele, ajudou montar a chapa de quase todos os partidos da base”, disse. “Não sou egoísta. Não quero ser candidato sozinho. É uma candidatura com vários pré-candidatos da base e da oposição. É muito natural isso”, completou.

O deputado federal também criticou colegas que querem pleitear uma vaga ao Senado para fortalecer uma candidatura ao governo estadual em 2026. “Estão pesando apenas no seus umbigos. Isso não é justo. Tem que trabalhar quem tem paixão pelo povo de Goiás e que quer ser senador. Não é usar isso como moeda de barganha para as eleições futuras quando o governador Caiado não disputará”, declarou.

Pesquisa

De acordo com a última pesquisa divulgada pelo Real Time Big Data, Marconi Perillo lidera as intenções de voto dos goianos para o Senado, com 28%. Em segundo lugar fica delegado Waldir (UB), com 15%. Vale ressaltar que Perillo ainda não decidiu se disputará o Senado.

Empatados com 10%, João Campos (Republicanos) e Alexandre Baldy (PP) dividem o terceiro lugar. Na sequência aparecem: Zacharias Calil (UB) com 6%, Wilder Morais (PL) com 4%, Lissauer Vieira (PSD) e Luiz do Carmo (PSC) com 2%, Leonardo Rizzo (Novo) com 1%. Apareceram com 0% das intenções de voto: Denise Carvalho (PCdoB), Reinaldo Pantaleão (UP), Manu Jacob (PSol) e Cristiano Cunha (PV). Dos participantes da pesquisa, 17% optaram por “brancos ou nulo” e 15% não sabem ou não responderam.

A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o código GO-02114/2022. O índice de confiança é de 95%. A margem de erro é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos.

Veja Também