Pré-candidatos retomam agendas após morte do filho de Caiado

Não há, porém, previsão para retomada das atividades do governador Ronaldo Caiado (UB)

Postado em: 06-07-2022 às 08h13
Por: Thauany Melo
Não há, porém, previsão para retomada das atividades do governador Ronaldo Caiado (UB) | Foto: Wesley Costa

No domingo (5), o governador Ronaldo Caiado (UB) cancelou a agenda após a morte do filho, Ronaldo Ramos Caiado Filho, de 40 anos. O chefe do executivo estadual foi avisado da notícia enquanto assistia a uma missa de celebração da Festa do Divino Pai Eterno, em Trindade, onde estava acompanhado da primeira-dama, Gracinha Caiado. Ao O Hoje, a equipe do governador afirmou que não há previsão para retomada das atividades que estavam programadas para os próximos dias.

Além de terem prestado mensagens de solidariedade, alguns pré-candidatos também decidiram suspender as agendas, que, aos poucos, estão sendo retomadas. O deputado federal e pré-candidato ao governo Vitor Hugo (PL) afirmou que desmarcou a agenda de domingo em respeito ao luto da família. Na segunda-feira (4), diminuiu o volume de trabalho, mas na terça-feira (5) começou a retomar as atividades. Ele concedeu entrevista, teve algumas reuniões e deve receber o título de cidadão goianiense na Câmara Municipal de Goiânia na quinta-feira (7).

O pré-candidato Gustavo Mendanha (Patriota) também estava com a agenda suspensa desde a morte de Caiado Filho. No entanto, nesta quarta-feira (6) retoma as atividades normalmente. Em Anápolis, ele vai visitar a Central de Abastecimento (Ceasa) do município, a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae), empresas, além de ter reunião com lideranças e religiosos.

Continua após a publicidade

As atividades da agenda de Marconi Perillo (PSDB) retomam a partir desta quarta-feira (6). Na segunda e terça-feira, ele também suspendeu a agenda em respeito ao momento de luto, segundo informações da assessoria. Perillo confirmou presença para a edição do movimento Desperta Goiás, que acontece em Anápolis no próximo sábado (11). Lideranças políticas e de segmentos organizados de diversos municípios deverão estar presentes no evento para debater as principais demandas de suas regiões e debater sobre o cenário político para as eleições gerais de 2022.

Luto

O velório do filho do governador Ronaldo Caiado (UB) aconteceu na noite de domingo (3). Na manhã de segunda-feira (4), o corpo dele foi cremado, em Goiânia. Ele era administrador e filho do político com a primeira esposa, a professora Thelma Gomes. A causa da morte não foi divulgada.

Caiado foi ao velório muito emocionado e recebeu abraços de amigos e políticos. Pelas redes sociais, o governador publicou: “Meu filho querido. Minha dor neste momento só não é maior do que o meu amor por você. Que Deus o acolha na Sua Glória Infinita”.

Thelma Gomes também fez postagens nas redes sociais lamentando a morte do filho. Ela publicou duas fotos falando sobre seu sentimento pela perda e também agradeceu pela vida que ele teve. “Dor, ausência. Vai em paz, meu filho amado”, escreveu em uma das publicações. “Um brinde à sua breve vida, meu filho amado”, disse em outra.

No dia do anúncio da morte, a Câmara Municipal de Goiânia e a prefeitura da capital decretaram luto oficial de três dias. A Assembleia Legislativa de Goiás (Alego) decretou luto na segunda-feira (4).

O Governo de Goiás também decretou luto oficial por três dias, conforme publicado em edição extra do Diário Oficial do Estado na noite de domingo (3). Na segunda-feira (4), as bandeiras na Praça Cívica amanheceram a meio-mastro.

Veja Também