Governo busca antecipar início do pagamento do Auxílio Brasil de R$ 600

Ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira, afirmou que benefício para caminhoneiros será pago até 5 de agosto.

Postado em: 21-07-2022 às 12h29
Por: Luan Monteiro
Ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira, afirmou que benefício para caminhoneiros será pago até 5 de agosto. | Foto: Reprodução

O Ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira, afirmou nesta quinta-feira (21/7) que a intenção do governo é antecipar o pagamento do Auxílio Brasil, de R$ 600, para 9 de agosto. Anteriormente, a data prevista para o início do pagamento do adicional era o dia 18.

Segundo Nogueira, para o benefício aos caminhoneiros, que devem receber R$ 1.000, a previsão é que os pagamentos sejam feitos até o dia 5 de agosto. Ele também admitiu a dificuldade que o governo federal enfrenta para viabilizar o benefício a taxistas, que deve começar a ser pago apenas no fim de agosto.

Essa dificuldade enfrentada pelo executivo ocorre devido à falta de cadastro dos profissionais dessa área. Além disso, o pagamento de benefícios para taxistas dependerá de parcerias com prefeituras.

Continua após a publicidade

Em relação ao Auxílio Brasil, Ciro Nogueira negou que o aumento do valor do benefício tenha fins eleitorais e afirmou que a meta é levar a verba a todos os beneficiários o mais rápido possível.

“Colocamos como data ideal 9 de agosto e estamos fazendo todo esforço do mundo para que a gente consiga cumprir essa data. Se não for, vai ser por um ou dois dias no máximo, mas a data que estamos trabalhando para que todos tenham acesso a esse recurso será dia 9”, disse.

Os benefícios citados pelo ministro fazem parte do Projeto de Emenda Constitucional (PEC) que estabelece um estado de emergência “decorrente da elevação extraordinária e imprevisível dos preços do petróleo, combustíveis e seus derivados e dos impactos sociais deles decorrentes”.

A PEC “Kamikaze” gera R$ 41,2 bilhões em despesas excepcionais, ou seja, fora do teto de gastos, divididos entre benefícios sociais. As medidas valem de 1° de agosto até 31 de dezembro de 2022.

Veja Também