Campanha de Bolsonaro aceitaria debate com Lula no 1º turno

Evento precisaria ser organizado por jornais e portais, que podem convidar apenas dois dos candidatos.

Postado em: 27-07-2022 às 15h59
Por: Luan Monteiro
Evento precisaria ser organizado por jornais e portais, que podem convidar apenas dois dos candidatos. | Foto: Reprodução

O presidente Jair Bolsonaro (PL) tem comentado com aliados que aceitaria participar de um debate contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) no primeiro turno, porém, sem a presença de outros adversários. A informação é do jornal Folha de São Paulo.

Para essa hipótese se concretizar, o evento teria que ser promovido por jornais e portais de internet. Por não serem concessões públicas, ao contrário de TVs e rádios, esses veículos não estão obrigados por lei a chamar todos os candidatos.

Na convenção do PL que confirmou a nomeação de Bolsonaro a reeleição, no último domingo (24), o presidente indicou de que toparia um debate com Lula. “Não teria aqui adjetivos para qualificá-lo [Lula] neste momento. Quem sabe num debate, caso ele esteja presente”, disse em discurso.

Continua após a publicidade

Bolsonaro rejeita, no entanto, eventos “pulverizados”, com a presença de diversos candidatos, independentemente de serem com ou sem pool de emissoras. Sua equipe avalia que ele viraria o alvo de todos os adversários.

Já a campanha de Lula tem dito que aceitaria o pool de emissoras de TV, mas não se manifestou até o momento sobre um debate apenas entre o petista e o atual presidente.

Veja Também