Zacharias Calil participa de encontro de médicos e defende ampliação da bancada no Congresso

O encontro, que contou com a participação do presidente Jair Bolsonaro (PL), debateu a saúde no Brasil e a formação de uma bancada de médicos no Congresso Nacional.

Postado em: 27-07-2022 às 18h36
Por: Ícaro Gonçalves
O encontro, que contou com a participação do presidente Jair Bolsonaro (PL), debateu a saúde no Brasil e a formação de uma bancada de médicos no Congresso Nacional | Foto: Reprodução

O deputado federal e pré-candidato ao Senado Zacharias Calil (UB) participou nesta quarta-feira (27/7) de um encontro com a classe médica na sede do Conselho Federal de Medicina, em Brasília. O encontro, que contou com a participação do presidente Jair Bolsonaro (PL), debateu a saúde no Brasil e a formação de uma bancada de médicos no Congresso Nacional.

“Muito importante estar aqui na presença do presidente Bolsonaro e do ministro Marcelo Queiroga para exaltar as boas ações do governo na saúde do país e reafirmar nosso apoio a uma bancada de médicos no Congresso Nacional“, disse Calil, membros da Frente Parlamentar Mista da Medicina (FPMed) na Câmara.

Entre os temas abordados, estavam o acesso à vacina contra a Covid-19, a importância do CRM para a atuação do médico no Brasil e um projeto de apoio à formação qualificada de novos médicos.

Continua após a publicidade

Leia também: Zacharias Calil se reunirá com Waldir e Caiado antes da convenção por vaga ao Senado

Também estiveram presentes o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, integrantes do primeiro escalão da Pasta, além de outros membros da FPMed, como os deputados Hiran Gonçalves, Dr. Luizinho, Pedro Westphalen e Mariana Carvalho.

Na oportunidade, o presidente do CFM, José Hiran da Silva Gallo, destacou a interlocução da autarquia com o Poder Executivo. “Neste processo, tem sido fundamental ao CFM o apoio da Frente Parlamentar Mista da Medicina (…) Inclusive, esperamos que nessas eleições essa bancada aumente de tamanho, permitindo que temas de relevância para a qualidade de vida e o bem estar dos brasileiros prosperem no debate parlamentar”, disse Hiran Gallo.

Bancada de médicos

Na última eleição para o Congresso, a guinada conservadora representada por Jair Bolsonaro foi responsável por reduzir o número de representantes da saúde no Legislativo. Médicos e professores perderam espaço para membros das bancadas temáticas conhecidas como “boi, bala e Bíblia”, com representantes do agronegócio, segurança pública e evangélicos.

“Perdemos muito espaço na Câmara, e por isso essa é uma bandeira que eu levantei. Temos lá [no Senado], a bancada da Bala, do Agronegócio, a Evangélica, e na área médica, eu senti, durante todo esse período que eu tenho estado lá, a dificuldade que nós temos nas votações e discussões”, disse Calil ao portal Diário de Goiás no último mês.

Veja Também