Coronel que comandou captura de Lázaro será candidato a deputado federal pelo Avante

“Meu nome está à disposição do partido para continuar a política transformadora que tem mudado a realidade do nosso querido Estado”, declarou Raiado

Postado em: 03-08-2022 às 10h21
Por: Francisco Costa
“Meu nome está à disposição do partido para continuar a política transformadora que tem mudado a realidade do nosso querido Estado de Goiás e da nossa nação”, declarou Raiado (Foto: Reprodução)

O coronel Edson Raiado, que comandou a captura de Lázaro Barbosa (que também culminou na morte do assassino de uma família em Ceilândia, DF), oficializou a candidatura a deputado federal pelo Avante. O partido realizou sua convenção na noite de terça-feira (2), em Goiânia.

“Meu nome está à disposição do partido para continuar a política transformadora que tem mudado a realidade do nosso querido Estado de Goiás e da nossa nação”, declarou Raiado que tem como bandeira leis duras contra o crime.

Vale citar, a chapa de federal da sigla tem 18 nomes e irá completa às urnas. De estadual, 39 postulantes foram anunciados. O presidente do Avante em Goiás Thialu Guiotti está otimista.

Continua após a publicidade

Para ele, o partido – que não tem nomes por Goiás na Câmara Federal – pode garantir uma cadeira este ano. Além disso, ele acredita em, pelo menos, três deputados estaduais.

Destaca-se, Thialu Guiotti pediu afastamento do mandato na Câmara de Goiânia nesta quarta-feira (3). Além das eleições, ele justificou a licença por questões de saúde. O pastor Marcos Rosa (Avante) assumirá a cadeira.

Veja Também