MP Eleitoral pede que Bolsonaro regularize registro de candidatura

Órgão encontrou falhas no registro de candidatura de reeleição do presidente.

Postado em: 17-08-2022 às 14h04
Por: Luan Monteiro
Órgão encontrou falhas no registro de candidatura de reeleição do presidente. | Foto: Reprodução

O vice-procurador geral eleitoral, Paulo Gonet, enviou ao ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Alexandre de Moraes, uma manifestação na qual aponta problemas no registro da candidatura do presidente Jair Bolsonaro (PL). No pedido, o Ministério Público Eleitoral (MP Eleitoral) solicita que o presidente seja intimado para corrigir as falhas constatadas, sob pena de o registro ser negado.

Segundo o documento, Bolsonaro não apresentou à Justiça eleitoral certidões criminais expedidas para fins eleitorais pela primeira instância da Justiça estadual e pela Justiça Federal do Rio de Janeiro, em primeira e segunda instâncias.

“Embora o requerente tenha sido diligente ao juntar certidão de 1ª instância da Justiça Federal relativa à Seção Judiciária do Distrito Federal, acompanhada de certidões de objeto e pé dos processos ali mencionados, as certidões de 1ª e 2ª instâncias da Justiça Federal da circunscrição de seu domicílio eleitoral (Rio de Janeiro) também não foram expedidas para fins eleitorais”, disse Gonet.

Continua após a publicidade

Em entrevista a CNN, o advogado Tarcísio Vieira, que compõe a campanha de Bolsonaro afirmou que “entende que a documentação apresentada é suficiente para atender o disposto na lei”. Em nota a defesa do presidente alegou que: “Todavia, para evitar questionamentos, providenciaremos as certidões faltantes na metodologia indicada no douto parecer ministerial.”

Veja Também