Wilker Leão: conheça o youtuber que chamou Bolsonaro de “tchutchuca do Centrão”

O morador do Distrito Federal, costuma gravar vídeos abordando políticos e apoiadores de Bolsonaro, no Palácio da Alvorada

Postado em: 18-08-2022 às 19h00
Por: Ana Bárbara Quêtto
O morador do Distrito Federal, costuma gravar vídeos abordando políticos e apoiadores de Bolsonaro, no Palácio da Alvorada | Foto: Reprodução

O influenciador, cabo do Exército, entusiasta do militarismo e advogado, Wilker Leão, se envolveu em uma confusão com o presidente Jair Bolsonaro (PL), na manhã desta quinta-feira (18/8).

O morador do Distrito Federal, costuma gravar vídeos abordando políticos e apoiadores de Bolsonaro, no Palácio da Alvorada. Após a abordagem, ele publica o conteúdo nas redes sociais, como TikTok, Instagram e YouTube.

Leão critica atitudes de Bolsonaro e chegou a discutir com o presidente, nesta quinta-feira. No momento da confusão, Wilker caiu no chão, antes ser puxado por Jair. Mas, não fica claro nas filmagens se alguém o empurrou.

Continua após a publicidade

Enfurecido com a atitude de Bolsonaro, Leão começa a xingá-lo de “vagabundo”, “safado”, “covarde” e “tchutchuca do Centrão”.

Apesar de se auto intitular como cabo do Exército, o Centro de Comunicação do Exército afirma que “o cidadão em questão prestou o Serviço Militar, tendo sido licenciado em fevereiro de 2022, não pertencendo mais às fileiras” da corporação.

Leia também: Bolsonaro é provocado por YouTuber e se envolve em confusão

Influenciador?

Desde o começo de 2022, Wilker vai ao Palácio da Alvorada entrevistar apoiadores de Bolsonaro sobre o governo atual. Em uma gravação, o youtuber pergunta: “O que você acha daquele escândalo de corrupção na Codevasf?”.

Já em maio, o influencer compartilhou fotos de sua carteirinha da OAB em frente à sede da instituição no Distrito Federal. O advogado se formou no Centro Universitário Unieuro.

“Definitivamente formado! #favelavenceu #direitonaveia”, escreveu na legenda de uma foto que postou em fevereiro de 2020.

Manifestações

O tiktoker já foi visto em manifestações indígenas, questionando participantes sobre o motivo de serem contra o capitalismo e a mineração. Em alguns vídeos, Leão também interroga grupos de direita e esquerda sobre assuntos diversos.

No entanto, inúmeras vezes ouve pedidos para parar de incomodar. Até então, Wilker já ganhou mais de 100 mil seguidores na internet e acumula cerca de 1 milhão de curtidas em todos os seus vídeos.

Veja Também