Candidaturas LGBT+ crescem 36% neste pleito, diz ONG

São 214 registros em 2022 contra 157 em 2018

Postado em: 19-08-2022 às 08h18
Por: Francisco Costa
São 214 registros em 2022 contra 157 em 2018 (Foto: Pixabay)

Levantamento da organização não-governamental VoteLGBT+ indica que houve aumento de 36% nas candidaturas LGBT neste ano em relação a 2018. A ONG mapeou 214 registros neste pleito. Há quatro anos eram 157.

Antes, eram 256 pré-candidatos, mas parte não se registrou até o prazo final, 15 de agosto. Estes números abrangem lésbicas, gays, bissexuais, travestis, transexuais, transgêneros e outros grupos como assexuais e não-binários.

Confira outros dados do VoteLGBT+:

Continua após a publicidade

  • 64% das candidaturas LGBT+ deste ano são negras; 27%, trans; e 18% estão presentes em candidaturas coletivas. Além disso, 28% se declararam gays; 27%, bissexuais; e 23%, lésbicas.
  • São Paulo e Minas Gerais são os estados com maior número de candidaturas LGBT+, com 41 e 22, respectivamente. Roraima, Amazonas e Acre têm apenas um candidato cada.
  • Por região, o Sudeste tem mais candidaturas: 81 registros, seguido do Nordeste, com 55. O Norte tem o menor número, com 12 candidatos.
  • A maior parte dos candidatos LGBT+ tenta vaga de deputado estadual, com 121 registros, e deputado federal, com 81.
  • O PT e o PSOL são os partidos com mais candidaturas do tipo, com 49 e 81, respectivamente.
  • Quanto ao grau de instrução, 65 candidatos têm pós-graduação completa, e 52 têm o superior completo.

A eleição deste ano ocorre em 2 de outubro. Caso haja segundo turno, este acontece no dia 30 do mesmo mês.

Veja Também