Datafolha: Lula cresce 2% e Bolsonaro mantém 33%

Nos votos válidos, petista tem 50%; instituto diz que não é possível afirmar se eleição será decidida no primeiro turno.

Postado em: 22-09-2022 às 20h02
Por: Luan Monteiro
Nos votos válidos, petista tem 50%; instituto diz que não é possível afirmar se eleição será decidida no primeiro turno. | Foto: Reprodução

A pesquisa Datafolha, divulgada nesta quinta-feira (22/9), encomendada pelo grupo Globo e pela Folha de S.Paulo, mostra o ex-presidente Lula (PT) na frente com 47% das intenções de voto no primeiro turno, seguido pelo presidente Jair Bolsonaro (PL), que tem 33%. Ciro Gomes (PDT) tem 7% e Simone Tebet (MDB) tem 5%.

Em relação com a última pesquisa feita pelo instituto, Lula oscilou de 45% para 47%. Bolsonaro, por sua vez, manteve o percentual de 33%. Ciro passou de 8% para 7% e Tebet também manteve seu percentual, 5%.

Nos votos válidos, que não levam em conta votos brancos e nulos, Lula tem 50%. O instituto diz que não é possível prever se a eleição será decidida no primeiro turno.

Continua após a publicidade

A pesquisa ouviu 6.754 pessoas em 343 municípios entre os dias 20 e 22 de setembro. A margem de erro é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos. A pesquisa foi registrado no TSE sob o número BR-04180/2022.

Intenção de voto estimulada

  • Lula (PT): 47% (45% no Datafolha anterior, de 15 de setembro)
  • Jair Bolsonaro (PL): 33% (33% na pesquisa anterior)
  • Ciro Gomes (PDT): 7% (8% na pesquisa anterior)
  • Simone Tebet (MDB): 5% (5% na pesquisa anterior)
  • Soraya Thronicke (União Brasil): 1% (2% na pesquisa anterior)
  • Felipe d’Avila (NOVO): 0% (0% na pesquisa anterior)
  • Sofia Manzano (PCB): 0% (0% na pesquisa anterior)
  • Vera (PSTU): 0% (0% na pesquisa anterior)
  • Léo Péricles (UP): 0% (0% na pesquisa anterior)
  • Constituinte Eymael (DC): 0% (0% na pesquisa anterior)
  • Padre Kelmon (PTB): 0% (0% na pesquisa anterior)
  • Em branco/nulo/nenhum: 4% (4% na pesquisa anterior)
  • Não sabe: 2% (2% na pesquisa anterior)

Veja Também