Boulos vence batalha pessoal contra Eduardo Bolsonaro e se elege como candidato mais votado em São Paulo

Líder do Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto (MTST), Boulos recebeu mais de 1 milhão de votos, ficando à frente de adversários bolsonaristas

Postado em: 03-10-2022 às 09h38
Por: Ícaro Gonçalves
Líder do Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto (MTST), Boulos recebeu mais de 1 milhão de votos, ficando à frente de adversários bolsonaristas | Foto: Arquivo pessoal/ Divulgação/ MCTI

Guilherme Boulos (PSOL), ex-candidato à Presidência da República em 2018 e à prefeitura de São Paulo em 2020, foi eleito ontem (2/10) deputado federal pelo estado de São Paulo com a maior quantidade de votos recebidos neste pleito de 2022.

Líder do Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto (MTST), Boulos recebeu mais de 1 milhão de votos, ficando à frente de adversários bolsonaristas como a deputada federal Carla Zambelli (PL), que ficou em segundo lugar com 946.244 votos, e do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PL), que somou 741.701 votos.

A vitória expressiva marcou uma conquista pessoal de Boulos contra Eduardo Bolsonaro, filho do presidente e contra quem tem tido diversos embates virtuais desde 2018. Nas redes sociais, o psolista comemorou o resultado. “Obrigado, São Paulo, pelos mais de 1 milhão de votos. Vamos juntos, para cima deles”, escreveu Guilherme no Twitter. Confira:

Continua após a publicidade

Após a candidatura de 2020 à prefeitura de São Paulo, na qual chegou ao segundo turno e recebeu 2.168.109 votos (40,6%), Boulos chegou a cogitar uma nova disputa pela Presidência ou pelo governo estadual paulista. Ele, porém, recuou e passou a defender os petistas Luiz Inácio Lula da Silva e Fernando Haddad, dos quais também tem recebido apoio mútuo.

Em São Paulo, o PSOL elegeu outros 4 deputados e deputadas federais. Já o PL, partido de Jair e Eduardo Bolsonaro, elegeu 16.

Além de Boulos e Eduardo, nomes conhecidos também estão entre os mais votados no estado, como: Carla Zambelli (946.244 votos); Ricardo Salles (640.918 votos); Delegado Bruno Lima (461.217); Tabata Amaral (337.873); Celso Russomanno (305.520); Kim Kataguiri (295.460); Ekira Hilton (256.903) e Delegado Palumbo (254.898), completando os dez mais votados no Estados.

Leia também: Desistência de Boulos ao governo de SP com possível apoio a Haddad é vista com bons olhos

Veja Também