Alexandre de Moraes se reúne com comandantes da PM

Moraes convocou comandantes das PMs brasileiras para balanço das eleições

Postado em: 22-11-2022 às 14h57
Por: Luan Monteiro
Moraes convocou comandantes das PMs brasileiras para balanço das eleições | Foto: Nelson Junior/STF

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Alexandre de Moraes, se reúne na quarta-feira (23/11) com comandantes das polícias militares estaduais. A pauta da reunião é fazer um balanço do trabalho conjunto entre as polícias e a Justiça Eleitoral nas últimas eleições e alinhar objetivos para os próximos pleitos.

Reuniões com chefes das polícias foram realizados antes das eleições deste ano. Porém, o desta vez está sendo alvo de críticas por aliados do presidente Jair Bolsonaro (PL) que questiona o resultado das eleições e tem as forças de segurança em sua base política.

A convocação mais recente enviada aos comandantes foi no dia 8 de novembro. A maioria confirmou presença. No entanto, os comandantes de Santa Catarina e Paraná não participarão da reunião.

Continua após a publicidade

O coronel Hudson Leôncio Teixeira, que comanda a Polícia Militar do Paraná, foi o primeiro a informar que não iria a reunião em Brasília nem enviaria representantes. O coronel alega incompatibilidade na agenda. Há suspeitas de envolvimento de questões políticas.

Teixeira foi filmado, no início de novembro, negociando com manifestantes em um ato que fechava uma rodovia de Ponta Grossa. A época, ele afirmou que não multaria “por enquanto” os manifestantes, apesar da ordem de Alexandre de Moraes que determinava a liberação imediata de rodovias de todo o país.

As reuniões de comandantes da PM na sede da Corte aconteceram antes da eleição, em 24 de agosto deste ano, e entre o primeiro e o segundo turno, em 11 de outubro.

Veja Também