Sexta-feira, 27 de janeiro de 2023

Esposa de Eduardo Bolsonaro diz que viagem à Copa estava programada há 1 ano

Segundo ela, a ida ocorreu "sem clima", uma vez que o presidente foi derrotado nas eleições

Postado em: 02-12-2022 às 08h29
Por: Francisco Costa
Segundo ela, a ida ocorreu "sem clima", uma vez que o presidente foi derrotado nas eleições (Foto: Reprodução)

A esposa do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PL-SP), a psicóloga Heloísa Bolsonaro, tentou justificar a viagem ao Catar em postagem no Instagram, na quinta-feira (1º). Segundo ela, a ida ocorreu “sem clima”, já que o presidente Jair Bolsonaro (PL) foi derrotado no segundo turno. Ela também disse que a viagem já estava programada.

Segundo ela, a viagem era para ser vivida “num momento de felicidade”. O resultado do pleito, contudo, deixou o casal desmotivado. Ela ainda justificou que a viagem estava planejada há um ano, com parcelas pagas a partir do início deste ano.

Heloísa reforçou, ainda, que não houve dinheiro público e que nada foi feito no escuro. “Não viajamos escondidos, ninguém imaginaria que Eduardo passaria batido num mundial de futebol.” Inclusive, disse que a viagem não foi divulgada, pois “não faria sentido”.

Continua após a publicidade

Sobre os “pendrives”, justificativa que Eduardo Bolsonaro deu para a viagem após ser flagrado por câmeras, ela diz que quem zomba dos objetos, “não faz a menor ideia que certas conversas e certos assuntos só podem ocorrer pessoalmente e com conteúdo em mãos”.

E finaliza: “Pra quem acha que tudo se resume a futebol, posso garantir uma coisa: a bola tá rolando e ainda tem muito jogo.”

Veja Também