Zé Eliton recebe prefeitos da região oeste do Estado em reunião

Assuntos administrativos apresentados pelos municípios foram debatidos

Postado em: 09-05-2018 às 06h00
Por: Sheyla Sousa
Assuntos administrativos apresentados pelos municípios foram debatidos

Em continuidade à agenda de atendimento aos prefeitos de todas as regiões do Estado para discutir assuntos administrativos particulares de cada município e região, o governador José Eliton se reuniu, na tarde de ontem, com os gestores da Região Oeste de Goiás. A exemplo da mensagem deixada a todos os prefeitos até agora, reiterou que o governo está de portas abertas para ouvir demandas e buscar atendê-las, e ratificou o compromisso de atender os municípios com o programa Goiás na Frente, de acordo com o cronograma já estabelecido.

“Nosso propósito é elencar Goiás como referencial em serviços públicos e em modernidade, tendo como foco o cidadão”, afirmou.  José Eliton destacou ações dos programas lançados no primeiro mês de sua gestão, como o 3º Turno da Saúde, o programa Mais Segurança e o Goiás + Enem. Em relação ao programa Goiás na Frente, destacou que já são 233 convênios realizados com os municípios.

Continua após a publicidade

José Eliton já recebeu os prefeitos do Entorno Sul e do Entorno Norte do Distrito Federal, da região Central, do Sudoeste, do Norte, do Sul, Sudeste e da Região Metropolitana de Goiânia. Na reunião de hoje, também colocou os secretários de Governo, João Furtado, e o secretário Extraordinário do Programa Goiás na Frente, Eduardo Zaratz, à disposição dos gestores para atendê-los.

“Os municípios vivem o melhor momento em termos de investimentos com o programa Goiás na Frente”, afirmou a prefeita de Itapirapuã, Zélia Camelo, ressaltando que nunca os gestores receberam tanto apoio do governo estadual para realizar obras e resolver demandas, como agora pelos esforços do ex-governador Marconi Perillo e do governador José Eliton, com este programa. Prefeito de Sanclerlândia, Itamar Leão endossou: “Nunca estivemos tão bem, apesar das dificuldades que todos os municípios brasileiros enfrentam. E o senhor tem conseguido inovar muito já nesse início de gestão”.

Região Oeste

O governo do Estado destinou à Região Oeste, por meio do Goiás na Frente, o montante de R$ 430 milhões para obras de infraestrutura, logística e construção de equipamentos públicos importantes para o fortalecimento da rede de serviços essenciais à população.

São mais de R$ 223,5 milhões, sendo R$ 123 milhões para pavimentação, R$ 76 milhões para a reconstrução de trechos rodoviários, cerca de R$ 24 milhões para manutenção, além de R$ 557 mil para a construção do Aeródromo de Iporá.

Na área de saneamento, serão aplicados R$ 28,5 milhões do Goiás na Frente para implantação do sistema de água (R$ 3,5 milhões), sistema de esgoto (R$ 23 milhões) e melhorias operacionais (R$ 2 milhões).

Para a educação, foram destinados R$ 7,4 milhões para construção e cobertura de quadras poliesportivas. Já a saúde terá R$ 7,5 milhões para a construção do Ambulatório Médico de Especialidades (AME) de São Luís de Montes Belos. Outro R$ 1,7 milhão será aplicado na pavimentação e sinalização de vias urbanas, na reforma e ampliação do asilo Lar Vicentino, em São Luís de Montes Belos.

Ainda na região, estão sendo investidos R$ 57 milhões na construção de casas populares; R$ 55 milhões na subestação de Firminópolis e reforço nos sistemas de geração e transmissão de energia; e R$ 10 milhões para construção de unidade penal em São Luís de Montes Belos. 

Área de educação é destacada 

“Goiás tem investido em uma educação transformadora, que desde 2014 está entre as melhores do Brasil”, disse o governador José Eliton durante balanço do primeiro quadrimestre de 2018 e dos primeiros 30 dias de seu governo nesta segunda-feira (7). Ao lembrar que o estado atravessou uma fase de transformação econômica, social e política sem precedentes em sua história nesses últimos 20 anos, o governador disse que todas as ações agora visam um novo salto, agregando novas medidas nas diferentes áreas, com planejamento e austeridade.

Segundo dados do governador, até o momento 97% do plano de governo já foram executados, 80% das obras do Goiás na Frente estão dentro do cronograma e 67% das metas do Goiás Mais Competitivo e Inovador já foram alcançadas. Durante a entrevista coletiva, o governador José Eliton observou que o foco da gestão é o cidadão, o ser humano. “Trabalhamos para quebrar preconceitos com respeito às pessoas”, disse.

Com base nessas premissas, na área de Educação o governador relacionou a realização de concurso público para 900 professores,  que está com inscrições abertas, o pagamento do auxílio alimentação para todos os servidores da Seduce e a garantia do pagamento do Piso Nacional dos Professores de 2018: “Já anunciei que vamos cumprir o piso para os professores, estamos ultimando os detalhes entre o Secretário de Educação e o Secretário de Fazenda para estabelecer o cronograma de pagamento”, disse.

Aprendizado

Com o objetivo de enriquecer o aprendizado dos alunos, o governo de Goiás lançou a Caravana Aprender +, que contempla 429 escolas, e o material didático Aprender + passou a ser distribuído para 450 mil alunos.  Além disso, o projeto Goiás + Enem (maratona de aulas presenciais gratuitas) foi ampliado e agora oferece 40 mil vagas para os alunos da rede estadual que vão fazer o Enem em 2018. Em outra frente de reforço para os alunos do ensino médio, o Goiás+ Enem na TV estreou no último dia 6 na Nova TBC e será exibido todos os domingos numa parceria entre a emissora e a Seduce.

Como parte do Plano Estadual de Inovação e Tecnologia na Educação, o governador José Eliton disse que está disponibilizando 7,5 mil computadores (seis por escola da rede) até junho, sendo que 1.806 computadores já foram entregues este mês para 301 escolas de cinco municípios. Outra novidade do Plano é a plataforma Aprender + Inovação, com 20 mil conteúdos pedagógicos digitais distintos, e disponível para toda a rede.

Ainda o aplicativo Palma da Mão, que disponibiliza informações gerais das escolas, como boletim escolar, faltas, quadro de avisos e até o compartilhamento de material didático para pais e alunos já teve 120 mil downloads (110 mil alunos da rede, outros 10 mil entre pais e responsáveis).

Na área de infraestrutura, o governador José Eliton também lembrou que já  foram entregues 16 novas escolas Padrão Século 21, com investimentos de R$ 67 milhões. Os municípios beneficiados foram Luziânia (4 unidades), Formosa (4), Santo Antônio do Descoberto (2), Cidade Ocidental (2), Valparaíso, Novo Gama, Planaltina de Goiás e Cristalina. Essas unidades educacionais fazem parte de um grupo de 50 unidades, cujo investimento total, incluindo reformas de várias instituições de ensino e construção de diversas quadras esportivas, ultrapassa a casa dos R$ 268 milhões.

Para a reforma de 450 unidades escolares, em 22 municípios, o governo fez o repasse de R$ 48 milhões. Outros R$ 122 milhões estão destinados à aquisição de 300 mil conjuntos aluno (cadeiras e mesas). 

Terceiro Turno da saúde já atendeu 2,2 mil 

Os dados do programa terceiro turno chegaram à marca de 2.279 atendimentos entre consultas, exames e cirurgias. Foram realizadas 108 cirurgias em pacientes que estavam há anos na fila de espera como a dona de casa Maria Aparecida dos Santos, que fez uma cirurgia ortopédica no Hospital Estadual de Urgências de Trindade Walda Ferreira dos Santos (Hutrin) no último final de semana e elogiou o atendimento: “Fui muito bem atendida” . O autônomo Vanderlei também fez uma cirurgia no pé e fez questão de ressaltar: “Vai desafogar muito pra quem está esperando”.

Foram 1.302 exames e 869 consultas. O programa foi lançado pelo governo estadual no último dia 23 de abril, exatamente para colocar fim à angústia de milhares de pacientes que aguardavam por procedimentos eletivos por dois anos ou mais. Na primeira etapa, o HGG e o CRER iniciaram o programa que desde sexta-feira, 4 de maio, conta com mais cinco hospitais e  a Central de Laudos Gercina Borges Teixeira participando.

Segundo a determinação do governador José Eliton, o objetivo até dezembro é atender a mais de 7 mil cirurgias e 142 mil atendimentos num total de 11 hospitais que vão realizar os atendimentos eletivos. A oferta é de 18 especialidades consultas, 10 especialidades cirúrgicas, 13 tipos de exames de imagem num investimento de R$ 100 milhões. 

Veja Também