Temer pede reunião para discutir intervenção na segurança do RJ

“A presença da intervenção, dos interventores federais no Estado, de alguma maneira, começou a dar uma sensação de segurança no Rio de Janeiro”, disse o presidente em entrevista

Postado em: 10-05-2018 às 11h25
Por: Márcio Souza
“A presença da intervenção, dos interventores federais no Estado, de alguma maneira, começou a dar uma sensação de segurança no Rio de Janeiro”, disse o presidente em entrevista

O presidente Michel Temer discute, às 15h de hoje (10), no
Palácio do Planalto, a intervenção federal na segurança pública do Rio de
Janeiro, com o interventor general Walter Souza Braga Netto; o secretário de
Segurança Pública do estado, general Richard Nunes; o ministro da Segurança
Pública, Raul Jungmann, e o secretário-executivo do Gabinete de Segurança
Institucional da Presidência da República, general Freire Gomes.

Em entrevista exclusiva a veículos da Empresa Brasil de
Comunicação (EBC), no último dia 4, Temer disse que a operação no Rio de
Janeiro começa a dar resultados após quase três meses da assinatura do decreto
de intervenção federal.

Continua após a publicidade

O presidente lembrou que já ocupou o cargo de secretário de
Segurança Pública de São Paulo por duas vezes, e disse ter experiência para
saber que essas ações costumam levar tempo para apresentar resultados.

“A presença da intervenção, dos interventores federais no
Rio de Janeiro, de alguma maneira, começou a dar uma sensação de segurança no
Rio de Janeiro”, disse na entrevista.

 Com informações da Agência Brasil. 

Veja Também