MDB fica na base de Cruz após mudanças no secretariado

Postado em: 20-03-2021 às 08h50
Por: Augusto Sobrinho
Presidente do MDB, Daniel Vilela, cobra cumprimento do plano de Governo de Maguito | Foto: Reprodução

Samuel Straioto

O cumprimento do plano de governo apresentado à população nas eleições de 2020 é o que mantém o MDB na gestão do prefeito Rogério Cruz (Republicanos). Caso o plano não seja cumprido, o partido não participará da administração. Como destacado pela reportagem ao longo da semana, as mudanças no secretariado da Prefeitura de Goiânia, com a saída do emedebista na área de Governo ligou o sinal de alerta em relação à relação política e o apoio do MDB.

Neste momento, será mantida a postura de cautela. Primeiro vai se aguardar a conclusão das alterações a serem feitas, aumentando a participação do Republicanos e de pessoas ligadas a Igreja Universal do Reino de Deus na gestão municipal. Os vereadores estiveram reunidos com o prefeito, juntamente com a direção municipal do partido. Emedebistas entendem como natural as mudanças, mas querem ser consultados. Algumas já eram esperadas, principalmente em relação a nomes da gestão passada que permaneceram, como: Marcelo Ferreira (Educação), Kléber Adorno (Cultura), Aristóteles de Paula (Comurg) e Daniela Araújo (Administração). Além destas áreas ainda se cogita alteração na Secretaria de Comunicação e de Governo.

“Nosso interesse é de ver essa gestão dar certo de ver esse projeto implementado. Até o momento que isso estiver neste caminho, nós estaremos juntos, caso isso não ocorra, independentemente de quem quer que sejam os interlocutores, o MDB não estará em uma gestão que se desvie do foco daquilo que foi defendido ao longo do processo eleitoral”, declarou o presidente estadual do MDB, Daniel Vilela, em entrevista à Rádio Sagres nesta sexta-feira (19).

As conversações sobre mudanças no secretariado em tempo de agravamento da pandemia também não soaram bem entre parte dos emedebistas. O momento é considerado impróprio, além da possibilidade de ecoar mal para a população. O entendimento é que o foco da gestão precisa ser no enfrentamento à Covid-19. O prefeito Rogério Cruz tem evitado publicamente falar sobre o tema e procurado dar ênfase no discurso que o objetivo é preservar a vida dos goianienses.

Compartilhe: