Deputado goiano mantém defesa sobre retorno de auxílio emergencial de R$ 600

Postado em: 23-03-2021 às 18h50
Por: Redação
Parlamentar é o primeiro a apresentar Medida Provisória sobre o pagamento | Foto: reprodução

João Gabriel Palhares

O deputado federal Elias Vaz (PSB) foi o primeiro parlamentar a apresentar a Medida Provisória que sugere o pagamento de R$ 600 em relação ao auxílio emergencial. O valor proposto pelo governo estaria sendo de R$ 150 a R$375, a proposta do deputado além de manter o mesmo valor inicial do auxílio, também sugere o pagamento de R$1,2 mil para mulheres provedoras da família. Segundo o deputado, os valores propostos atualmente não são suficientes para a sobrevivência com a mínima dignidade. 

De acordo com o parlamentar, além de defender o aumento do valor pela maior ajuda à sociedade, a defesa pelo valor é pela economia do país. “Nós sabemos que foi o auxílio emergencial que no ano passado, sobretudo de R$ 600, que evitou uma quebradeira no país, nós tivemos uma situação que esse auxílio emergencial garantiu a sobrevivência de pequenos e micros proprietários”, afirmou.

O auxílio emergencial pago pelo governo federal teve uma “pausa” desde o mês de dezembro do ano passado. O parlamentar acata a decisão como algo que não deveria ter ocorrido. De acordo com ele, ainda estamos vivendo não só um momento de crise sanitária como também, o pior momento. Com isso, a decisão do governo federal não devia ter sido nem cogitada, mas sim, dado continuidade com o valor mínimo de R$ 600.

Compartilhe: