Goiás recebe 107.400 vacinas da CoronaVac e AstraZeneca

A 14ª remessa de doses chegou na madrugada desta sexta-feira (23/4) e já devem ser distribuídos aos munícipios | Foto: divulgação/rede social

Postado em: 23-04-2021 às 09h30
Por: Nielton Soares
A 14ª remessa de doses chegou na madrugada desta sexta-feira (23/4) e já devem ser distribuídos aos munícipios | Foto: divulgação/rede social

Nielton Soares

Goiás recebeu na madrugada desta
sexta-feira (23/4) a 14ª remessa de vacinas contra a Covid-19, o lote foi de 107.400
doses e foi desembarcado em Goiânia. O governo informou que os imunizantes
devem ser distribuídos para os municípios ainda hoje.

Com esse novo lote, a previsão do
Governo Estadual é de que a vacinação chegue a pessoas do grupo prioritário com
62 anos, em todo o Estado. E que alguns municípios devem vacinar pessoas com 61
anos.

Continua após a publicidade

“Recebemos nesta madrugada nossa
14ª remessa de vacinas com mais 107,4 mil doses de CoronaVac e AstraZeneca.
Logo que chegaram, solicitei que fossem distribuídas de imediato aos municípios
goianos. Sem dúvidas, a cada novo lote que chega à esperança é renovada”,
escreveu o governador Ronaldo Caiado (DEM), no perfil do Twitter.

Vacinação

O 14º lote foi enviado pelo
Ministério da Saúde, contendo 86 mil unidades da AstraZeneca, produzida pela
Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), e 21,4 mil da CoronaVac, desenvolvida e fabricada
pelo Instituto Butantan, em parceria com laboratório chinês.

Desse total de vacinas, 86.055
serão usadas para aplicações de primeiras doses e o restante para segunda dose.
Além de pessoas idosas, profissionais de saúde e da segurança pública, que
ainda não foram imunizados, devem ser completados neste momento.

Com essa nova carga, Goiás recebeu
ao todo 1.665.280 milhões de doses, sendo 1.208.080 da CoronaVac e 457.200 da
AstraZeneca. A distribuição das vacinas é feita pelo Plano Nacional de
Imunização (PNI), do Governo Federal.

De acordo com levantamento da
Secretaria de Saúde de Goiás (SES-GO), 750.915 goianos já receberam a primeira
dose e 252.204 pessoas a segunda.

 

Veja Também