Padre Julio Lancellotti ganha prêmio Zilda Arns de Direitos Humanos

Postado em: 22-08-2021 às 10h16
Por: Victoria Lacerda
O sacerdote é conhecido por promover ações para melhorar a qualidade de vida dos desabrigados. | Foto: Reprodução

O padre Julio Lancelloti de 72 anos, foi um dos vencedores do prêmio Zilda Arns pela Defesa e Promoção dos Direitos da Pessoa Idosa concedido pela Câmara dos Deputados. O pároco coordena a Pastoral do Povo da Rua de São Paulo. Lancelloti coordena a Pastoral do Povo da Rua de São Paulo. Ele é conhecido por promover ações para melhorar a qualidade de vida dos desabrigados. Entre as ações realizadas pelo padre está a distribuição de comida para a população da cracolândia, no centro da capital.

Ele tem sido um incansável defensor das camadas mais vulneráveis da sociedade, sobretudo da população em situação de rua, dos dependentes químicos e dos transexuais em São Paulo. Sua atuação busca recuperar a dignidade e garantir os direitos fundamentais dessa gente – alimentação, saúde, moradia, integridade física e acompanhamento psicológico – para homens e mulheres há muito marginalizados por um sistema econômico perverso, que banaliza a exclusão, compactua com a fome e autoriza um abismo social cada vez mais severo.

A indicação de Lancelloti ao prêmio foi feita pelo deputado Alexandre Padilha (PT-SP). 

Compartilhe: