Grupo arrecada material escolar e alimentos para crianças em situação de vulnerabilidade

Postado em: 15-02-2021 às 15h00
Desigualdades sociais colocam em risco direitos fundamentais de crianças e adolescentes. Saiba como ajudar | Foto: reprodução

Da Redação

Viver em meio a uma pandemia é um
desafio, principalmente para crianças e adolescentes que residem em comunidades
mais vulneráveis, tanto nos grandes centros urbanos quanto nas regiões mais
distantes do país. Com fome e com medo do novo coronavírus, é difícil para
qualquer pessoa aprender alguma coisa.

Relatório do
Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) e do Programa das Nações
Unidas para o Desenvolvimento (Pnud) destaca o impacto da pandemia na educação em
decorrência do fechamento de escolas e as profundas desigualdades nas
oportunidades de desenvolvimento de meninos e meninas.
A Comissão
Econômica para a América Latina e o Caribe
(Cepal) também estima um aumento da taxa de pobreza de pelo menos 14,5%, o que
representa mais de 28,7 milhões de pessoas vivendo na pobreza. A Cepal e a Organização
Internacional do Trabalho (OIT) destacam ainda que entre 100 mil a 300 mil
crianças e adolescentes da América Latina e do Caribe ingressariam no mercado
de trabalho como consequência da pandemia, deixando de lado sua formação.

Para minimizar
esse cenário de prejuízos na educação serão necessários esforço coletivo
(sociedade e governos) e muita Solidariedade. Por isso, além
do trabalho que realiza em suas
escolas e em seus Centros Comunitários de Assistência Social,
a Legião da Boa Vontade (LBV)
também promove ao longo do ano inúmeras campanhas, visando garantir proteção
social e a educação de meninas e meninos.

Entre
as iniciativas, a campanha da Legião da Boa Vontade, Criança Nota 10 — Proteger a infância é acreditar no futuro!, reúne a ajuda da população para
entregar no início de cada ano letivo, kits
pedagógicos para crianças, adolescentes e jovens de famílias em vulnerabilidade
social atendidas pela LBV e por entidades parceiras, assessoradas pela
Instituição.

De
janeiro a março deste ano, o grupo pretende distribuir mais de 90 mil benefícios, sendo 25 mil kits pedagógicos, 30 mil cestas de
alimentos e 35 mil kits de higiene e de
limpeza.

A
mobilização acontece em todos os estados brasileiros e em Goiânia, GO, a
iniciativa já atendeu mais de 250 crianças e suas famílias, em bairros como;
Real Conquista, Eldorado Oeste, lírios do Campo, Vila Aurora e Castelo Branco.
Além destes, a LBV espera atender cerca de 600 famílias já cadastradas nos
municípios de; Inhumas, Anápolis, Rio Verde, Aparecida de Goiânia, e no Bairro
JK, também em Goiânia.

Saiba como ajudar

As
doações para a campanha, podem ser feitas diretamente no site , pelo telefone 0800 055 50 99 ou diretamente no Centro Comunitário de Assistência Social da LBV, Rua Jamil Abraão, 645
– Setor Rodoviário.
Para outras informações sobre essa ação solidária,
basta ligar (62) 3531-5000.

 

Por: Carlos Nathan Sampaio
Compartilhe: