Advogados de Lula cobram de Fux a conclusão do julgamento de Moro

Postado em: 31-05-2021 às 17h12
Por: Alice Orth
Enquanto decisão não for finalizada, Lula corre o risco de sofrer novas condenações | Foto: Reprodução

Os advogados do ex-presidente Lula apresentaram uma petição ao Supremo Tribunal Federal (STF) pedindo que o presidente da corte, Luiz Fux, finalize o julgamento da suspeição de Sérgio Moro. A equipe teme que, com a aposentadoria do juiz Marco Aurélio Mello, prevista para o dia 5 de julho, haja um adiamento na deliberação. As informações são da coluna de Mônica Bergamo para a Folha de S. Paulo.

A situação política de Lula segue indefinida e o petista pode sofrer novas condenações até que o julgamento sobre a parcialidade de Moro seja decidido. O debate foi iniciado na corte no dia 14 de junho e interrompido no dia 22 do mesmo mês após pedido de vista de Marco Aurélio.

Até a última sessão, contabilizou-se sete votos a dois contra Moro. Marco Aurélio e Luiz Fux são os únicos a não terem referendado sua decisão. A equipe de juristas alega que o prazo máximo para prosseguimento de votação no STF é de 30 dias após a devolução do caso, já realizada por Aurélio no dia 29 de abril.

Os quatro processos contra Lula foram transferidos de Curitiba para o Distrito Federal no dia 8 de março, quando o ministro Edson Fachin anulou as condenações de Moro, alegando falta de competência para o julgamento dos casos.

Compartilhe: